Adapec e Associação Discutem Calendário de Vaquejada no Tocantins Para 2018

Data do post: 06/12/2017 17:50:00 - Visualizações: (103)    Imprimir

O presidente da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), Humberto Camelo, recebeu na tarde de terça-feira, 5, representantes da Associação Tocantinense de Vaquejada que solicitaram a possibilidade da autorização para realização do evento em municípios que ainda passam por saneamento em decorrência dos focos de Mormo, doença infectocontagiosa, como é o caso de Formoso do Araguaia, Palmas e Sandolândia. 

Adapec TocantinsA reunião resultou na possível revisão da Portaria nº 289, que suspende quaisquer aglomerações de equídeos nos municípios citados, uma vez que os eventos serão fechados, cadastrados e fiscalizados.

A Associação informou que enviará a Adapec o calendário de 2018, que já tem previsto a realização de 15 etapas do evento em diversos municípios. “Sabemos que a vaquejada tem grande importância cultural e econômica para todo o Estado, por isso, revisaremos a situação, pois a Associação se comprometeu a seguir as exigências conforme a legislação, que impõe ainda a apresentação de exames específicos para os animais, com isso, a condição sanitária dos animais é preservada dando mais segurança aos participantes”, ressaltou Humberto Camelo. Entretanto, é importante lembrar que nos municípios onde houver determinação judicial prevalecerá as disposições daquele juízo.  

De acordo com a diretora de Defesa, Inspeção e Sanidade Animal, Regina Barbosa, com o calendário em mãos as equipes serão agendadas para fiscalizarem a entrada e saída de animais, pois é obrigatória a apresentação da Guia de Trânsito Animal (GTA), exames negativos e atualizados de Mormo e Anemia Infecciosa Equina (AIE), além da comprovação de vacinação contra Influenza. “O evento fechado possibilita uma fiscalização eficaz e um controle rígido que dá mais proteção aos animais, para evitarmos a disseminação de doenças”, disse.

Dados

Tocantins registrou em 2016, 16 novos casos de Mormo. Mas, este ano, até o momento, foi somente sete registros, o que comprova que as medidas de contenção da doença estão evitando o surgimento de novos casos.

Mormo

O Mormo é uma doença infectocontagiosa causada por bactéria que acomete principalmente os equídeos (asininos, equinos e muares). Nos equídeos, os principais sintomas são nódulos nas narinas, corrimento purulento, pneumonia, febre e emagrecimento. Existe ainda a forma latente na qual os animais não apresentam sintomas, mas possuem a enfermidade.

Já o ser humano, normalmente é infectado pelo contato com animais doentes, os principais sintomas são febre, com pústulas cutâneas, edema de septo nasal, pneumonia e abscessos e, diversas partes do corpo. É uma zoonose de difícil tratamento, quase sempre fatal.

Em animais, não há vacina e nem tratamento eficaz para o mormo, o único método previsto na Instrução Normativa nº 24 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), é o sacrifício do animal positivo.

Fonte: ADAPEC Tocantins

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Prefeito de Tocantinópolis, Paulo Gomes Participa da 18ª Formatura do Proerd

Foto da notícia

Data: 16/12/2017 17:47:08 - Visualizações: 347

Notícias Relacionadas

17/12/2017
Kátia Abreu Debate Crescimento e Desenvolvimento Social com Vereadores, Empresários e Produtores Rurais de Pedro Afonso e Guaraí

16/12/2017
Polícia Civil Prende Suspeito Por Tráfico de Drogas e Receptação no Interior do Estado

16/12/2017
Assembleia Fará Esforço Concentrado Para Votar Matérias em Tramitação na Casa

16/12/2017
Polícia Civil Prende Suspeito Por Porte Ilegal de Arma de Fogo em Araguatins

16/12/2017
MPF/TO Consegue Condenação Por Tráfico Internacional de Pessoa Para Fins de Exploração Sexual

16/12/2017
Polícia Civil Deflagra Operação de Combate à Criminalidade no Interior do Estado

Todas as Notícias