Em Tocantinópolis, Empresário do Ramo de Transporte de Passageiros é Acusado de Tentar Estuprar a Própria Afilhada

Data do post: 03/01/2018 18:51:37 - Visualizações: (14209)    Imprimir

Segundo a adolescente das iniciais R.M.M., de 18 anos, a tentativa aconteceu quando a mesma retornava de moto com o padrinho da cidade de Maurilândia do Tocantins, onde almoçaram com a família.

Imagem da InternetO fato aconteceu na tarde da ultima Sexta feira (29/12/2017), mais o boletim de ocorrências só foi confeccionado no dia 02 de Janeiro deste ano, quando a jovem acompanhada de seu pai, procuraram a Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher de Tocantinópolis para fazer a denúncia através de um Boletim de Ocorrências de nº 000094/2018, no qual a adolescente relatou ao delegado Teofabio Alves Siqueira que estava na cidade a passeio estando hospedada na casa do seu padrinho João Castro Filho, e que no dia 29 de Dezembro de 2017 ela acordou pela manhã e tomou café normalmente, logo após o seu padrinho há convidou para andar de moto, o que ela aceitou, então foram abastecer a motocicleta e depois foram em uma oficina, e que na sequencia João seguiu pela rodovia TO-126 rumo a cidade Maurilândia do Tocantins, e que na estrada este perguntou para a vítima se ala conhecia aquela rodovia, sendo que R.M.M., respondeu: "Sim, é a estrada que vai para Maurilândia, não é?" Que seguiram com destino ao outro município e na estrada pararam para comprar água e a moto ainda deu um problema e não queria ligar, voltando a funcionar depois de várias tentativas.

Chegando em Maurilândia, foram para uma chácara onde estava sua mãe, pai e outros irmãos, lá almoçaram juntos. Já por volta das 13 horas João chamou a vítima para voltarem para Tocantinópolis, sendo que ela retornou com ele. Na estrada seu padrinho parou e pediu que ela conduzisse a moto, e que enquanto ela pilotava a moto tranquilamente, Filho, ao invés de segurar em sua cintura começou a passar a mão nas partes intimas da vitima, como se quisesse excitá-la, deixando R.M.M., muito incomodada com o que estava acontecendo. Durante o percurso, seu padrinho perguntou se a afilhada ainda era virgem, se ela já havia brincado com seu namorado e se R.M.M., tinha mesmo 18 anos e se ela estava gostando e se estaria excitada. A vítima relatou no B.O., que não respondeu e que pediu que ele colocasse a mão para cima e que segurasse apenas em sua cintura, porém, o acusado repetia as ações levando a mão novamente em suas partes intimas. Diante disto, R.M.M., disse ter inventado a desculpa de que estava com a mão doendo de acelerar a moto e pediu para ele pilotar. Após trocarem novamente de lugar João entrou em uma estrada de uma fazenda que ele disse ser de um deputado, e lá, Filho alegou estar com muito calor perguntando se a afilhada não estaria também e se ela queria tomar banho. R.M.M., respondeu que não se afastando dele confessando que estava cansada e que queria logo chegar em casa. Diante disto o acusado resolveu vir embora e na entrada da cidade este falou para a vítima que não contasse nada do ocorrido para ninguém. Chegando em casa João discutiu com sua esposa e saiu, e nesse período R.M.M., enviou mensagem via aplicativo whatsapp para seus pais virem buscá-la. Por volta das 18 horas do mesmo dia seu pai chegou e ela foi embora com ele, sendo que seu pai perguntou o que teria acontecido e ela contou todos os detalhes para o seu genitor que diante do relato resolveu procurar a delegacia especializada para as devidas providências.

O caso ganhou muita repercussão depois que o pai da vítima concedeu entrevistas na Rádio Interativa FM de Maurilândia do Tocantins e Rádio Sucesso FM de Tocantinópolis, onde nesta ultima por telefone o pai da jovem acusou publicamente o acusado de ter estuprado sua filha baseado no artigo 181 (Estupro Simples), com (Art. 123 - Caput - do CPB) c/c Art. 14 Inc. II do CPB. No final de sua participação, o angustiado pai pediu para que outras mulheres que tenham sido vítimas da mesma situação que sua filha passou também procurassem a delegacia para denunciar.

O áudio com a participação do pai da vítima foi gravado e agora está sendo disseminado maciçamente pelos grupos do aplicativo Whatsapp. (Ouça no vídeo abaixo)

Procuramos a Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher de Tocantinópolis para buscar informações se o acusado já havia sido ouvido sobre o caso e fomos informados que até o fechamento desta matéria o mesmo ainda não teria sido notificado.

Veja na imagem abaixo, o relato da vítima no Boletim de Ocorrências lavrado na delegacia especializada.

Foto: divulgação

Fonte: Redação do Tocnoticias

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Polícia Civil Prende Suposto Traficante que Negociava Entorpecentes em Nazaré (TO)

Foto da notícia

Data: 19/09/2018 22:50:42 - Visualizações: 580

Notícias Relacionadas

19/09/2018
PM de Tocantinópolis Prende Foragido da Justiça Enquanto Estava na Porta de Casa

15/09/2018
Vândalos São Presos Após Cortar Palmeiras Plantadas na Rua XV de Novembro em Tocantinópolis

13/09/2018
Homem é Preso Pela Polícia Militar Por Dirigir Embriagado em Tocantinópolis

13/09/2018
Policiais Militares Participam de Palestras na 5ª CIPM de Tocantinópolis

10/09/2018
Diocese de Tocantinópolis Realiza 3ª Jornada da Juventude

09/09/2018
Câmara Municipal de Tocantinópolis Promove Audiência Pública em Prevenção ao Suicídio

Todas as Notícias