Recadastramento Obrigatório de Lojas Agropecuárias Deve ser Realizado Junto à ADAPEC até 28 de Fevereiro

Data do post: 11/01/2018 23:41:54 - Visualizações: (102)    Imprimir

O cadastro é obrigatório, conforme estabelece a Portaria 323/2017.

Foto: divulgação AdapecA Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec) alerta os proprietários de estabelecimentos comerciais e/ou industriais que se dedicam a comercialização, armazenamento, aplicação e a produção de produtos para uso na agropecuária, para ficarem atentos ao prazo de recadastramento anual que teve inicio no último dia 2 de janeiro e encerrará no dia 28 de fevereiro.

O fiscal de defesa agropecuária da Adapec, Onairan Gomes Lobo, disse que para este ano houve algumas mudanças importantes que os lojistas devem ficar atentos a elas, como por exemplo, a redução no prazo de recadastramento que antes era até o dia 31 de março e agora encerrará em 28 de fevereiro. “Por isso é importante que o lojista procure imediatamente o escritório da Adapec do seu município para fazer este recadastramento”, ressaltou Onairan, acrescentando que embora o certificado atual tenha validade até o dia 31 de março, o empresário deve observar a data do fim do prazo do recadastramento e não da validade do certificado.

Também a partir deste ano a Adapec passará a emitir certificado de registro provisório, para eventos como feiras e exposições mediante fiscalização e vistoria, desde que solicitado com antecedência. 

A vice-presidente da Adapec, Márcia Helena da Fonseca, disse que o comércio de produtos agropecuários é fundamental para a economia do estado. “É importante que os lojistas façam o recadastramento de seus estabelecimentos junto à Adapec, pois temos um estado onde agropecuária é responsável por grande parte da nossa economia, e são estes produtos que chegam às lavouras e alimentam a nossa cadeia produtiva”, enfatizou Márcia Helena.

As lojas agropecuárias que não fizerem o recadastramento dentro do prazo serão multadas em até R$ 3.600,00 reais e em casos de reincidência, a multa será dobrada, podendo ser aplicadas outras sanções como a interdição do estabelecimento e cancelamento do cadastro junto ao órgão, além disso, as empresas autuadas não poderão receber o certificado de registro até a sua regularização.

De acordo com a Adapec, os estabelecimentos comerciais de produtos agropecuários só devem funcionar mediante registro junto à Agência, com exceção daqueles, cuja atividade é de exclusiva competência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Para fazer o recadastramento, o empresário deve juntar todos os documentos indicados com prazos de validade em dia, recolher a taxa de recadastramento e entregar a documentação na unidade local da Adapec do seu município. A lista com os documentos exigidos estão na portaria 323/2017 e pode ser acessados também no site da Adapec, no endereço www.adapec.to.gov.br/servicos/areavegetal.

Dados

Conforme dados da Adapec existem atualmente 409 estabelecimentos agropecuários licenciados junto a Agência. As regionais que concentram o maior número de lojas agropecuárias são: Araguaína com 56 estabelecimentos, seguido por Palmas com 53, Colinas 51, Porto Nacional 45 e Araguatins com 41.

Fonte: Welcton de Oliveira / Governo do Tocantins

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Locutor Fhayne Costa é Acusado de Atropelar e Matar Mulher Grávida, Além de Fugir do Local Sem Prestar Socorro ás Vitimas

Foto da notícia

Data: 17/01/2018 01:02:42 - Visualizações: 52

Notícias Relacionadas

16/01/2018
Presidente da Fieto Participa de Lançamento do REFIS em Palmas

15/01/2018
Justiça do TO Aplica Multa Pessoal ao Secretário Estadual da Saúde por Descaso com Hospital de Araguaçu

14/01/2018
Ex-prefeito de Dianópolis Diz que a Política de Marcelo Miranda é Contratar Cabos Eleitorais Pagos Pelo Governo

13/01/2018
Em visita a Colinas, Dimas é Recebido Pelo Prefeito da Cidade e Vereadores

13/01/2018
Polícia Civil Prende Homem Suspeito de Furtar Energia Elétrica em Palmas

13/01/2018
Tocantins só Mudará Quando Acabar a Bagunça que Domina o Palácio Araguaia, diz Amastha

Todas as Notícias