Justiça Determina que o Governo do TO Regularize Atendimentos aos Pacientes de Urologia

Data do post: 13/01/2018 01:43:23 - Visualizações: (371)    Imprimir

Ao julgar Ação Civil Pública (ACP) ingressada pela Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO) e pelo Ministério Público Estadual (MPE), a Justiça determinou que o Estado do Tocantins regularize os serviços de atendimento aos pacientes de urologia. A decisão liminar é desta quarta-feira, 10.

Foto: divulgaçãoConforme a decisão, o Estado deve providenciar, no prazo de 60 dias, a regularização do fornecimento de materiais e insumos necessários ao tratamento dos pacientes de urologia, assim como relacionar os materiais e insumos que estão em falta para a realização dos procedimentos cirúrgicos urológicos, especificando a quantidade necessária para a realização dos mesmos diante da quantidade de pacientes aguardando em fila de espera.

Além disso, deve promover, no prazo de 40 dias, a reavaliação dos pacientes que estão na fila de espera de urologia e providenciar, no prazo de 30 dias, um plano estratégico que garanta a oferta de cirurgias urológicas de forma organizada, com a devida gestão dos recursos humanos, a fim de dar solução à fila de espera e evitar risco de óbito.

Entenda o caso

Conforme apuração do Núcleo de Defesa da Saúde (Nusa) da DPE-TO, há pacientes que aguardam até oito anos por cirurgia de urologia, ou seja, estão na fila desde 2009. Segundo dados da Secretaria Estadual da Saúde (Sesau), em novembro de 2017, constavam na fila da regulação 481 pacientes à espera por cirurgias urológicas.

Nesse sentido, buscando uma solução para o problema de forma a garantir o tratamento igualitário aos pacientes e evitar decisões conflitantes, a Defensoria Pública do Estado do Tocantins e Ministério Público Estadual ajuizaram, em setembro de 2017, uma Ação Civil Pública, com pedido de liminar, a fim de que o Estado do Tocantins organize o serviço e o atendimento das filas de cirurgias eletivas de urologia e, ainda, regularize a relação dos materiais e insumos que se encontram em falta, destinados à realização dos procedimentos urológicos.

Fonte: Rose Dayanne Santana / Ascom DPE

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Dois dos Três Jovens Acusados de Cortar Palmeiras em Rua de Tocantinópolis São Inocentados da Acusação

Foto da notícia

Data: 21/09/2018 00:46:29 - Visualizações: 3975

Notícias Relacionadas

23/09/2018
Unidade do CIOPAER Auxilia Transporte de Órgãos Doados no Tocantins Pela Segunda Vez em uma Semana

23/09/2018
No Bico do Papagaio, Carlesse Reúne Milhares de Pessoas; “Campanha Segue Cada Vez Mais Forte"

21/09/2018
Vistoria da DPE-TO Constata Ambiente Insalubre, Revistas Vexatórias e Superlotação na Cadeia Pública de Miracema

21/09/2018
Polícia Civil Prende Suspeito de Executar Morador em Situação de Rua

21/09/2018
Defensoria Pública Acompanha Reintegração de Posse de Área do Acampamento Dom Celso, em Porto Nacional

21/09/2018
Polícia Civil Prende Homem Suspeito de Cometer Assalto à Mão Armada

Todas as Notícias