Ausência de Portal da Transparência em Luzinópolis é Alvo de Ação do MPE

Data do post: 30/01/2018 18:39:23 - Visualizações: (912)    Imprimir

A falta de implementação e atualização do portal da transparência de Luzinópolis é alvo de Ação Civil Pública (ACP) ajuizada pelo Ministério Público Estadual (MPE) com pedido de liminar de urgência para que sejam realizadas, em 30 dias, as ações necessárias para o correto funcionamento da ferramenta.

Ministério Público EstadualAutor da Ação, o Promotor de Justiça, Celsimar Custódio Silva também solicita que o município implante, no mesmo prazo, um serviço de acesso às informações públicas. “O objetivo é atender, incentivar e orientar o público na busca e efetiva análise das informações fornecidas pelo ente da Administração, bem como informar sobre a tramitação de documentos e protocolo de requerimentos de acesso a informações, conforme determina a Lei de Acesso a Informação (LAI)”, esclareceu.

Em 2015, A 1ª Promotoria de Justiça de Tocantinópolis instaurou Procedimento Preparatório, posteriormente convertido em Inquérito Civil constatando que o Portal de Transparência da Prefeitura Municipal de Luzinópolis não cumpria, em sua plenitude, às exigências estabelecidas por lei.

A ACP aponta que o inquérito resultou em diversas tentativas de resolver extrajudicialmente a demanda sem qualquer resposta do município, em sua gestão atual e também na anterior.

Diante dos fato, na Ação ajuizada nesta terça-feira, 30, o Promotor pede a condenação do atual Prefeito do Município, Gustavo Damasceno de Araújo, do Secretário de Administração, Antônio Alves Lopes e do Ex-Prefeito da cidade, José Arimateia Coelho Damasceno em razão da prática de ato de improbidade administrativa.

Requer ainda o ressarcimento integral do dano, se houver; bem como a perda da função pública e a suspensão dos direitos políticos dos três, por até cinco anos, além da proibição de que eles possam contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, pelo prazo de três anos.

Fonte: Ministério Público Estadual

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Pra Não Repassar Pouco mais de R$ 2 Mil Por Mês, Prefeita de Santa Terezinha do TO Deixa Munícipes Sem Atendimento na UPA de Cidade Vizinha

Foto da notícia

Data: 23/04/2019 00:14:38 - Visualizações: 1891

Notícias Relacionadas

11/04/2019
Atração que Animará o 25º Aniversário de Luzinópolis Será Escolhido Através de Enquete em Rede Social

10/04/2019
Presidente da Câmara de Luzinópolis Participa de Audiência Pública com Representantes do MPC-TO e TCE-TO em Palmas

20/03/2019
Prefeito de Luzinópolis Marca Data Para Inauguração da Creche Municipal

15/03/2019
Prefeito de Luzinópolis Visita Ministério da Integração Nacional Visando Liberação de Convênio Para Pavimentação da Rua João dos Santos

26/02/2019
Ônibus Escolar da Prefeitura de Luzinópolis Sofre Acidente Lotado de Crianças e Cai Dentro do Córrego Taboquinha

21/02/2019
Ex-vereador Antonio Novato Emite Nota Sobre o Episódio Ocorrido na Última Sessão da Câmara de Luzinópolis

Todas as Notícias