FAET Informa: O Cadastramento de Áreas Produtoras de Soja é Prorrogado Para Dia 6

Data do post: 01/02/2018 17:33:12 - Visualizações: (247)    Imprimir

O período para o cadastramento obrigatório de propriedades e/ou áreas produtoras de soja, que terminaria na segunda-feira, 22, foi prorrogado por 15 dias, encerrando no dia 6 de fevereiro, conforme publicado na Portaria nº 013, de 22 de janeiro, da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec). 

FAET-TO

A previsão é de que uma média de 1.261 propriedades sojicultoras faça o cadastramento. Até o momento, desse total, 854 já se cadastraram, um percentual de 66,66%. O não cumprimento acarretará em sanções previstas no Decreto 1.634/2002.

De acordo com o presidente da Adapec, Humberto Camelo, a extensão do prazo atende a solicitação da Associação de Produtores de Soja e Milho do Estado do Tocantins (Aprosoja). “Entendemos a necessidade e estamos contribuindo para o fortalecimento da principal cultura do Estado. O cadastro anual é fator primordial para a execução das medidas de segurança de controle e prevenção fitossanitária, em especial, da ferrugem asiática”, avaliou.

Para fazer o cadastro, o sojicultor deve procurar o escritório da Adapec do município onde está a área plantada e preencher o formulário ou se preferir acesse o site da www.adapec.to.gov.br/areavegetal, preencha as informações e entregue na Agência. Nesta safra, começa a ser cobrada a taxa de R$ 50,00 até 100 hectares e R$ 0,25 por acréscimo de área (ha), referente ao monitoramento da ferrugem asiática da soja e outras pragas de interesses econômicos, bem como, o vazio sanitário. O produtor deverá emitir o DARE no site www.sefaz.to.gov.br, efetuar o pagamento, para finalizar o cadastro.

Segundo dados da Adapec, referente ao mapa epidemiológico de ocorrência de pragas de grandes culturas, na safra 2016/2017 foram realizados 3.331 monitoramentos, onde foi identificados 59 focos de ferrugem da soja. “Não houve no Tocantins surgimento expressivos de focos da doença, possuímos um programa especifico para o controle da ferrugem asiática, por isso, realizamos além da fiscalização em campo, outros meios de controle legislativo, como o cadastro obrigatório das áreas plantadas, calendarização do plantio e o vazio sanitário” disse o gerente de Sanidade Vegetal da Adapec, Marley Camilo.

Ferrugem asiática

A doença é causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi, sendo, hoje, uma das doenças que mais têm preocupado os produtores de soja em todo o país. O seu principal dano é a desfolha precoce, impedindo a completa formação dos grãos, com consequente redução da produtividade. O nível de dano que a doença pode ocasionar depende do momento em que ela incide na cultura, das condições climáticas favoráveis à sua multiplicação. Os danos podem chegar a cerca de 70%. A doença foi diagnosticada pela primeira vez no Brasil em 2001. Devido à facilidade de disseminação do fungo pelo vento, a doença ocorre em praticamente todas as regiões produtoras de soja do país.

Fonte: FAET-TO

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Pesquisa IBOPE Mostra Mauro Carlesse com 50% das Intenções de Votos no TO

Foto da notícia

Data: 17/08/2018 22:49:42 - Visualizações: 353

Notícias Relacionadas

20/08/2018
Em Comemoração ao Dia Nacional do Campo Limpo Adapec Realiza Palestra Sobre Uso Correto e Seguro de Agrotóxicos

20/08/2018
Equipe de Agricultura de Babaçulândia Faz Visita Técnica Para Implantar Viveiro de Espécie Nativa

20/08/2018
Na Primeira Semana de Campanha, Fabion Recebe Apoios em Sete Cidades do Bico do Papagaio

20/08/2018
Comitê do Fogo Lança Operação Integrada de Fiscalização a Incêndios Florestais

20/08/2018
Polícia Civil Incinera Drogas Apreendidas em Lagoa da Confusão

20/08/2018
Ex-aluna Garante na Justiça Emissão de Diploma e Indenização de R$ 150 mil Contra a Unitins

Todas as Notícias