Autor de Homicídio em Casa de Jogos de Palmas é Condenado a 15 Anos de Reclusão

Data do post: 09/04/2018 17:48:42 - Visualizações: (293)    Imprimir

O Tribunal do Júri acatou a sustentação do Ministério Público Estadual (MPE) e condenou, na quinta-feira, 5, o réu Paulo Gomes de Oliveira por homicídio duplamente qualificado, cometido contra a vítima Carlos Henrique de Oliveira, conhecido como “Inhac”.

Ministério Público EstadualO crime aconteceu após eles discutirem em uma casa de jogos em Palmas, em 28 outubro de 2015, obtendo grande repercussão.

Na sustentação do MPE, foram alegadas como qualificadoras para o crime o fato do homicídio ter sido praticado por motivo fútil e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima. Com isso, a pena foi fixada em 15 anos de reclusão, a ser cumprida em regime inicialmente fechado.

A acusação foi sustentada pelo Promotor de Justiça André Henrique Oliveira Leite e a sessão do júri foi presidida pelo juiz Gil de Araújo Corrêa.

O homicídio

De acordo com a denúncia do MPE, o réu e a vítima se desentenderam em razão de dívidas de jogos. No dia do ocorrido, Paulo Gomes perdeu R$ 60 mil para Carlos Henrique em um jogo de “cacheta”. Ao discutirem a forma de pagamento, não houve acordo entre eles, o que resultou em uma discussão que foi logo contida pelos demais presentes. Então, o gerente do estabelecimento pediu a ambos que se retirassem.

Próximo ao portão de saída, Paulo Gomes de Oliveira sacou uma arma e efetuou um disparo contra as costas da vítima, situação que impossibilitou qualquer forma de defesa, segundo a acusação do MPE.

Em seguida, a vítima correu e se escondeu atrás de um veículo que se encontrava no estacionamento, mas foi perseguido e recebeu novo disparo.

Depois do crime, Paulo Gomes de Oliveira fugiu do local e só foi capturado pela polícia em 10 de abril de 2016, na cidade de Vitória da Conquista (BA).

Fonte: Ministério Público Estadual

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Em Luzinópolis, Vereadores Anulam Eleição Recente Para Eleger Outro Presidente

Foto da notícia

Data: 14/12/2018 04:23:03 - Visualizações: 1450

Notícias Relacionadas

16/12/2018
Em Menos de 24 Horas, Polícia Civil Prende Suspeitos de Explosão de Caixa Eletrônico em Abreulândia

16/12/2018
Agente de Polícia Civil é Homenageado Pela Câmara de Vereadores de Dianópolis

16/12/2018
Integrantes da Secretaria da Segurança Participam de Reunião com MPE Sobre Lei da Escuta Protegida

16/12/2018
Com 96,3%, as Contas da Diretoria do SISEPE-TO São Aprovadas Pelos Sindicalizados

15/12/2018
Polícia Civil Prende Suspeito de Roubo e Ameaça no Interior do Estado

14/12/2018
Deputados Prestigiam Posse do Procurador-geral de Justiça no MPE

Todas as Notícias