Banco Confunde Devedor e Terá que Pagar R$ 18 mil a Condutor que Teve o Carro Apreendido Indevidamente

Data do post: 10/05/2018 17:32:27 - Visualizações: (224)    Imprimir

O Juízo da Comarca de Araguaína condenou o Banco Bradesco S/A ao pagamento de R$ 8 mil reais por danos materiais e R$ 10 mil por danos morais a condutor que teve seu veículo apreendido por dois meses indevidamente. A decisão, proferida nesta quinta-feira (10/05), é do juiz Marcio Soares da Cunha.

Tribunal de Justiça-TOO autor da ação alega que adquiriu um automóvel em janeiro de 2015 e a concessionária pediu um prazo para transferência do documento, tendo em vista que a antiga proprietária estava com o veículo alienado junto ao Banco Bradesco. Após a quitação do veículo pelo antigo dono, a concessionária iniciou o processo de transferência, concluindo em maio de 2015.

No entanto, dois anos após a compra, o Banco Bradesco apreendeu o automóvel, como parte do contrato de financiamento firmado com antiga proprietária, em 2014. Nos autos, a instituição reconheceu que efetuou a apreensão erroneamente e restituiu o veículo 57 dias depois da apreensão.

“É cabível a indenização por dano material correspondente aos valores despendidos pelo autor para deslocamento, durante o período que o veículo esteve apreendido indevidamente. (...) No que tange ao dano moral, pedido é procedente, uma vez que os prejuízos, transtornos e aborrecimentos oriundos da privação do veículo, não exigem comprovação”, pontuou o magistrado ao julgar o caso.

O juiz condenou o Banco Bradesco ao pagamento de R$ 8.087,77 por danos materiais e R$ 10 mil por danos morais, com correção monetária pelo INPC/IBGE, acrescida de juros moratórios de 1% ao mês, a partir da data de apreensão do veículo.

Confira aqui a sentença.

Fonte: Tribunal de Justiça- TO

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Aditamento de Prazo Para Término da Pavimentação da TO-126 é Publicado no Diário Oficial do Estado do TO

Foto da notícia

Data: 20/08/2018 23:13:40 - Visualizações: 1099

Notícias Relacionadas

21/08/2018
Prefeitos da Base da Oposição Declaram Apoio a Mauro Carlesse

21/08/2018
Escola do Legislativo Abre Inscrições Para Curso de Inglês

21/08/2018
Ministério Público Denuncia Empresário Acusado de Agredir a Esposa

21/08/2018
Osires Damaso Fortalece Candidatura e Ouve Demandas da Região Sudeste do TO

21/08/2018
CNJ Lança Sistema Integrado de Adoção e Acolhimento

21/08/2018
Adapec Apreende Cerca de 180 kg de Carne Imprópria Para Consumo em Barrolândia

Todas as Notícias