Na Fieto, Amastha Garante Segurança Jurídica Total aos Acordos Firmados Entre os Empresários e o Governo do Estado

Data do post: 15/05/2018 21:10:12 - Visualizações: (212)    Imprimir

Candidato a governador reforçou também que, na sua gestão, o Conselho de Desenvolvimento Econômico será deliberativo e sua composição terá ampla maioria da iniciativa privada.

Ascom/ Carlos AmasthaCandidato a governador na eleição suplementar de 3 de junho pela coligação “A Verdadeira Mudança”, Carlos Amastha (PSB) garantiu, em café da manhã nesta terça-feira, 15 de maio, durante debate promovido pela Fieto (Federação das Indústrias do Tocantins), segurança jurídica total em todos os acordos firmados pelos empresários do Tocantins com o governo do Estado.

Dentro dessa linha, assegurou que a sua administração não fará qualquer ação para revogar os Tares (Termos de Acordo de Regime Especial) que tenham sido assinados e nem atuará contra a lei 1.201/2000, que trata de crédito fiscal de ICMS (Imposto sobre Circulação em Mercadorias e Serviços).

“Não haverá mudança jurídica naquilo que foi pautado. Não vou mudar os Tares. Não vai ser eu que vou rever aquilo que está sendo feito. Se eventualmente houver algum problema em algum acordo, há instituições para fazer essa fiscalização. De nossa parte, vamos honrar os compromissos assumidos. Não vou mexer”, destacou o candidato.

Outro assunto de destaque durante o evento, que teve cerca de duas horas de duração, foi a remontagem do Conselho de Desenvolvimento Econômico do Estado, que terá estrutura semelhante à montada na sua gestão da Prefeitura de Palmas, cuja composição terá ampla maioria do setor privado. “Em Palmas, a prefeitura tem três vagas no conselho e a iniciativa privada possui 18. Vamos fazer a mesma coisa no Estado e o conselho será deliberativo e não consultivo”, destacou o candidato, ao criticar o fato de que nos últimos anos o conselho estadual ter R$ 70 milhões de orçamento, mas gastou apenas R$ 17 milhões com as políticas empresariais. “Aonde foi o restante do dinheiro? Sumiu. Ninguém sabe”, indagou o candidato.

Os desafios do empresariado tocantinense

Na sua exposição, Amastha agradeceu todos os empresários que lotaram o salão de eventos da Fieto e destacou que a presença mostra um novo pensamento de Estado por parte do empresariado.Ser empresário nesse Brasil é o maior de todos os desafios”, ressaltou, ao destacar que, como foi empresário por mais de três décadas, conhece todas as dificuldades do ramo.

Ao comentar apontamento do próprio presidente da Fieto, Roberto Pires, Amastha lamentou o fato de 42% dos empregos formais do Tocantins serem públicos. “Está errado e muito culpa da velha política, que pouco se mexe para alterar isso e assim mantém o status quo. Agora mais de 3 mil pessoas foram demitidas e estão sendo recontratadas, em uma medida para fazer política”, frisou, ao ressaltar que durante sua caravana no interior do Estado viu cidades com apenas 10% de empregos formais.

Sobre a utilização de contratos temporários e cargos de confiança para fazer política, Amastha frisou que combateu essa prática na administração municipal e apresentou números concretos. “Assumi a prefeitura com 10.200 funcionários, sendo 4 mil contratos temporários. Deixe a prefeitura com 10.200 funcionários, mas com 96% do total concursado”, ressaltou.

O candidato condenou a falta de profissionalismo na gestão estadual, destacando que em Paraíso empresários precisaram se unir para comprar gasolina para a Polícia Militar.

Fonte: Ascom/ Carlos Amastha

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Após Investigar o "Esquema dos Olintos", Delegado Regional de Araguaína é Demitido. Tiago Daniel de Tocantinópolis Também foi Exonerado

Foto da notícia

Data: 17/11/2018 02:44:30 - Visualizações: 8340

Notícias Relacionadas

17/11/2018
Após Investigar o "Esquema dos Olintos", Delegado Regional de Araguaína é Demitido. Tiago Daniel de Tocantinópolis Também foi Exonerado

16/11/2018
Polícia Militar Prende Homem Por Receptação e Recupera Mais Uma Moto Furtada

16/11/2018
Vania Lúcia é a Nova Conselheira federal da Chapa Proativa

16/11/2018
Polícia Militar Prende Homem Por Receptação e Recupera Moto Roubada

16/11/2018
Polícia Civil Prende Duas Pessoas Suspeitas de Assassinato

16/11/2018
Diretoria do Instituto de Criminalística do Tocantins Recebe Homenagem em Palmas

Todas as Notícias