Ministério Público Pede Nomeação de Aprovados, Rescisão de Contratos Temporários e Realização de Novas Provas em Concurso de Axixá

Data do post: 15/05/2018 21:11:57 - Visualizações: (50)    Imprimir

Após denúncias de irregularidades formuladas por vereadores de Axixá, o Ministério Público Estadual (MPE) ajuizou, nesta segunda-feira,14, Ação Civil Pública com pedido liminar para que o município nomeie os candidatos aprovados no concurso público deflagrado em 2016 e proceda à exoneração dos contratos temporários para os cargos previstos.

Ministério Público EstadualNa Ação, o Promotor de Justiça Elizon de Sousa Medrado apresenta os resultados da minuciosa investigação realizada pelo MPE, apontando diversas irregularidades na execução do concurso, que macularam o resultado final do certame e resultaram em favorecimento indevido de candidatos que, em tese, seriam apoiadores do ex-gestor Auri-Wulange.

A equipe do MPE analisou cerca de 1900 provas dos candidatos classificados, além de listas de frequência, atas das salas, tendo constatado diversas irregularidades, como candidatos classificados que não estão na lista de presença das salas, candidatos com maior número de acertos classificados em posição inferior a quem acertou menos questões, além de problemas nas marcações do campo de preenchimento das fichas de gabarito, dentre outros.

O Promotor de Justiça também informa que houve omissão do Instituto de Capacitação, Assessoria e Pesquisa (ICAP), responsável pela realização do certame, na entrega dos gabaritos solicitados, bem como na disponibilização dos cadernos de provas. Para o Promotor, a falta de colaboração da empresa abre precedentes para suspeitas de tentativa de prejudicar a investigação realizada pelo MPE, que na época recomendou à prefeitura de Axixá a anulação das provas para os cargos em que as irregularidades foram encontradas.

Diante dos fatos, o MPE pede ainda na Ação que a prefeitura realize novo concurso público para esses cargos, deflagrando procedimento licitatório para escolha de nova empresa e convocando os candidatos já inscritos para a realização das provas anuladas.

A ACP ressalta que uma Recomendação com o mesmo teor da Ação já havia sido enviada ao atual gestor do município. No entanto, segundo a Promotoria, o gestor atendeu parcialmente ao que o Ministério Público recomendou e efetivou apenas nomeações pontuais. Cita, ainda, que o atual prefeito tem procedido de acordo com sua conveniência política, transformando os cargos em moeda de troca, desde que o aprovado passe a declarar ‘apoio’ ao gestor.

“Para se ter uma ideia, há diversos cargos, incluindo aqueles nos quais não foram encontradas irregularidades, em que a prefeitura não procedeu a nenhuma nomeação, em total desrespeito às leis e às recomendações ministeriais, fato este de conhecimento geral no Município de Axixá do Tocantins”, ressaltou o Promotor.

Cargos onde foram encontradas irregularidades

(F102) AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS/ASG - QUADRO GERAL DO PODER EXECUTIVO;

 (M201) ASSISTENTE ADMINISTRATIVO – QUADRO GERAL DO PODER EXECUTIVO;

(F109) VIGIA – SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO;

(M205) MOTORISTA – CATEGORIA D – SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO.

Fonte: Ministério Público Estadual

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Mantendo a Tradição, Vereador Gerri do Ribeirãozinho Realiza Festa em Homenagem as Mães Tocantinopolinas

Foto da notícia

Data: 19/05/2018 14:34:53 - Visualizações: 1212

Notícias Relacionadas

21/05/2018
Em Porto, Carlesse Reitera Apoio a Apae, Destaca Mutirão de Cirurgias e Visita Órgãos Públicos

21/05/2018
MPE Obtém Condenação de Um dos Autores da Morte de Corretor de Imóveis em Araguaína

21/05/2018
Kátia Abreu Diz na TV que Vai Cumprir Obrigação com o Tocantins no Momento Mais Difícil

21/05/2018
TJTO Aprova Reorganização de Competências em Varas e Juizados da Comarca de Palmas

21/05/2018
Líderes do Agronegócio Orientam Voto em Carlesse: “Governo Sensível às Demandas das Cadeias Produtivas”

21/05/2018
Liminar Atende Pedidos do MPE e Determina Restabelecimento de Estoque de Tornozeleiras Eletrônicas e Reforma da Unidade de Regime Semiaberto de Palmas

Todas as Notícias