Judiciário Inicia a 4ª Edição do Programa de Preparação Para a Aposentadoria

Data do post: 11/06/2018 18:22:20 - Visualizações: (97)    Imprimir

O Poder Judiciário do Tocantins deu início, nesta segunda-feira (11/06), à 4ª edição do Programa de Preparação para a Aposentadoria (PPA). Uma palestra sobre o tema, no auditório da Escola Superior da Magistratura Tocantinense (Esmat), abriu os cinco dias de programação voltada a servidores e magistrados.

Tribunal de Justiça-TOO PPA tem como objetivo orientar sobre os aspectos físicos, psicológicos, sociais e legais do processo de aposentadoria e busca incentivar o planejamento e execução de um projeto de vida para a nova fase. “Depois de anos de trabalho dedicados à nobre missão do serviço público, de levar ao cidadão a prestação jurisdicional da maneira mais eficaz possível, é chegada a hora de se aposentar. E para que esse momento não seja motivo de dúvida ou preocupação, planejamento é a palavra que traz a tranquilidade tão desejada. Quem planeja está preparado para qualquer desafio, em qualquer momento da vida”, destacou o presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), desembargador Eurípedes Lamounier, na solenidade de abertura do programa.

Com o tema "Sonho de uma Vida – Aposentadoria: Como se preparar para viver sem culpa e se sentir merecedor?", a palestrante  Evanuzia Luzia de Oliveira, mestre em Psicologia Social, pontuou sobre planejamento. “Muitas pessoas passam a vida inteira esperando pela aposentadoria e quando chega o momento surge medo e dúvidas. Eu estou pronto? O que vou fazer agora? Dá pra viver feliz e realizado, mas é preciso se preparar antes”, enfatizou.

Programação

Até a próxima sexta-feira (15/06), serão realizados treinamentos, oficinas e palestras com profissionais renomados que vão auxiliar os servidores a se prepararem para entrar nessa nova fase da vida.

O Programa tem como foco pessoas com idade a partir de 53 anos (mulheres) e 58 anos (homens); servidores que estejam de licença médica ininterrupta há mais de 24 meses e que foram encaminhados para aposentadoria; servidores que já possuam requisitos suficientes (tempo de serviço e idade) para aposentadoria e continuam trabalhando; e os servidores que já se aposentaram e não participaram da preparação.

Fonte: Tribunal de Justiça-TO

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Em Maurilândia do Tocantins, Jovem Mata Desafeto com uma Pedrada na Cabeça

Foto da notícia

Data: 16/06/2018 11:33:35 - Visualizações: 7670

Notícias Relacionadas

18/06/2018
Justiça Determina que INSS Conceda Benefício Assistencial a Jovem com Deficiência Mental

18/06/2018
Portaria Estabelece Expediente Especial Para Servidores em Dias de Jogos do Brasil

18/06/2018
Justiça Condena Ex-prefeito de Presidente Kennedy Por Improbidade Administrativa

18/06/2018
Produtor Rural tem até 25 de Junho Para Comprovar a Vacinação Antiaftosa

18/06/2018
Universidade é Condenada Por Proibir Estudante de Frequentar Aulas

18/06/2018
Em Ação, Defensoria Pública Pede Regularização de Fórmulas Alimentares Especiais

Todas as Notícias