Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente Discute Combate ao Trabalho Infantil

Data do post: 13/06/2018 13:43:08 - Visualizações: (101)    Imprimir

Com a finalidade de alinhar as políticas de proteção à criança e ao adolescente, é realizado nesta terça-feira, 12, o Fórum Intersetorial sobre o Trabalho Infantil, com o tema Piores formas: não proteger a infância é condenar o futuro.

Setas-TOO evento que ocorre das 8 às 12 horas e das 14 às 17 horas, no auditório do Parque do Idoso, em Palmas, faz alusão ao Dia Mundial e Nacional de Combate ao Trabalho Infantil e é voltado para os participantes da Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente.

“A Setas contribui na ampliação da discussão e na atuação para o enfrentamento do trabalho infantil por diversos meios, como o Cadastro Único e as ações da Proteção Social Especial, que atuam na identificação e no combate e violação dos direitos”, pontuou Raquel Secunde, na ocasião representa a gestora da Secretaria de Estado do Trabalho e da Assistência Social (Setas).

O palestrante Jalson Jácomo do Couto, presidente do Fórum Tocantinense de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (Fetipa), falou sobre os tipos de trabalho infantil e suas consequências e o trabalho intersetorial na identificação dos casos. Ele disse acreditar em um projeto que possibilite a erradicação dessa forma de trabalho em Palmas até o ano de 2025. “A soma dos governos estadual e municipal e as demais entidades envolvidas com o tema, todos trabalhando na mesma linha, possibilitará que a erradicação se torne uma realidade”, disse Jalson.

O coordenador do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), Valdeir Ferreira dos Santos, e a assistente social da Setas, Régina Mercês Aires Rodrigues, explanaram sobre as ações do PETI no Sistema Único de Assistência Social, apontando os eixos de atuação, ações complementares e experiências exitosas no município de Palmas. “As ações de articulação, busca ativa, prevenção nas escolas, e outras mais são consideradas exitosas por levar a uma mudança de consciência e reverter situações de trabalho infantil”, explicou Valdeir.

Outros temas tratados durante o evento são as estratégias de combate ao trabalho infantil, lei de aprendizagem, educação em tempo integral, entre outros.

Participam do Fórum os representantes do Ministério Público Estadual; Secretaria de Estado do Trabalho e Assistência Social (Setas); secretarias municipais do Desenvolvimento Social (Sedes), da Educação e da Saúde; Juizado da Infância e Juventude; Defensoria Pública da Infância e Juventude; Conselho Municipal da Criança e Adolescente (CMDCA); e Conselho Estadual de Assistência Social (Ceas).

Fonte: Setas-TO

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Cartório Eleitoral da 9ª Zona Divulga Edital de Nomeação de Mesários da Próxima Eleição

Foto da notícia

Data: 14/08/2018 12:33:59 - Visualizações: 435

Notícias Relacionadas

14/08/2018
FIETO/ Vetor e TV Jovem Record Tocantins Divulgam 1ª Rodada de Pesquisa de Intenção de Votos no TO

14/08/2018
Prefeito de Nova Olinda é Afastado a Pedido do MPE Por Contratações Irregulares que Chegam a Quase R$ 12 Milhões

14/08/2018
Nova Cúpula da SSP Conta com Delegados na Secretaria, Subsecretaria e Delegacia-geral

14/08/2018
Polícia Civil Prende em Arapoema Homicida Foragido do Estado do Maranhão

14/08/2018
Companhia Aérea Deverá Indenizar Passageira em R$ 7 Mil Por Bagagem Extraviada

14/08/2018
Unidades SENAI de Taquaralto e Araguaína Estão com Processos Seletivos Abertos

Todas as Notícias