Comarca de Paraíso: Homem é Condenado Pela Justiça a 21 Anos de Prisão Por Latrocínio

Data do post: 14/06/2018 13:37:23 - Visualizações: (53)    Imprimir

A Justiça condenou, nesta quarta-feira (13/06), Ney Virgínio de Souza a 21 anos de prisão por latrocínio - roubo seguido de morte - e ocultação de cadáver.


Tribunal de Justiça-TOA decisão é da juíza Renata do Nascimento e Silva, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Paraíso do Tocantins.

Conforme consta nos autos, o crime ocorreu em 19 de novembro do ano passado. O réu, ao roubar um aparelho celular, foi surpreendido pela reação da vítima e a sufocou até a morte. Após o crime, ele arrastou o corpo da mulher até um matagal, com o fim de dificultar o acesso e identificação do cadáver.

Ao analisar os fatos, a magistrada destacou que as provas “tornam-se plenamente convincentes e suficientes para a formação de um juízo de convicção seguro acerca da responsabilidade do denunciado pelos delitos de latrocínio e ocultação de cadáver”, disse.

O réu foi condenado a 21 anos de prisão pelos crimes de latrocínio e ocultação de cadáver e terá de pagar 20 dias-multa, no valor unitário mínimo (1/30 do salário mínimo).

Confira a sentença.

Fonte: Tribunal de Justiça-TO

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Em Maurilândia do Tocantins, Jovem Mata Desafeto com uma Pedrada na Cabeça

Foto da notícia

Data: 16/06/2018 11:33:35 - Visualizações: 7670

Notícias Relacionadas

18/06/2018
Justiça Determina que INSS Conceda Benefício Assistencial a Jovem com Deficiência Mental

18/06/2018
Portaria Estabelece Expediente Especial Para Servidores em Dias de Jogos do Brasil

18/06/2018
Justiça Condena Ex-prefeito de Presidente Kennedy Por Improbidade Administrativa

18/06/2018
Produtor Rural tem até 25 de Junho Para Comprovar a Vacinação Antiaftosa

18/06/2018
Universidade é Condenada Por Proibir Estudante de Frequentar Aulas

18/06/2018
Em Ação, Defensoria Pública Pede Regularização de Fórmulas Alimentares Especiais

Todas as Notícias