Em Tocantinópolis, Padrasto que Abusava da Enteada é Preso. Mãe Conivente Também Está Atrás das Grades

Data do post: 01/07/2018 12:01:46 - Visualizações: (9320)    Imprimir

Wilian Torres de Oliveira de 33 anos e Ana Lúcia Freitas Barbosa de 40 anos, foram presos após denúncias de que o padrasto abusava sexualmente da enteada de apenas 13 anos sob a conivência da mãe da menor.

SSP/TOA polícia civil de Tocantinópolis, por meio da Delegacia Regional e da Delegacia Especializada da Criança e do adolescente, chefiadas pelo Delegado Regional Tiago Daniel de Moraes e pela Delegada Lívia Rafaela Almeida de Vasconcelos, prendeu Wilian Torres de Oliveira, de 33 anos, e  Ana Lúcia Freitas Barbosa, de 40 anos, pelo crimes de posse irregular de arma de fogo e estupro de vulnerável.

As investigações tiveram início no mês de maio deste ano, após a Delegacia Regional ter conhecimento que no Setor Sol Nascente em Tocantinópolis, a pessoa de Wilian, além de estar na posse de uma arma de fogo, estaria estuprando reiteradamente sua enteada de 13 anos, com a conivência da sua companheira, Ana Lúcia, mãe da vítima. Diante disso, no dia 28 de maio, foi realizada uma busca na residência do casal onde foi localizada a referida arma de fogo (uma espingarda) e ambos foram levados para a delegacia, onde confessaram para o Delegado Regional que realmente estava ocorrendo o crime de estupro de vulnerável, há mais de um ano.

Wilian contou que na verdade não estava estuprando sua enteada de 13 anos, mas estava apenas namorando com ela desde quando esta tinha 12 anos, já que eles se gostavam e que inclusive Ana Lucia era testemunha de tal namoro.

SSP/TOAna Lúcia, ao ser ouvida, contou que tinha total conhecimento do relacionamento amoroso de sua filha com seu companheiro e que torcia para que eles se casassem e tivessem filhos, pois Wilian é um homem muito bom. Ana Lúcia, que vive em união estável com Wilian há 09 anos, contou ainda que até tinha feito um quarto na casa dela para seu companheiro e sua filha poderem namorar de forma mais tranquila.

Durante as investigações, a Polícia Civil esclareceu que, diferentemente do que foi relatado por Wilian e Ana Lucia, a vítima não consentia com os atos praticados pelo padrasto. Mas é importante destacar que, ainda que consentisse, o crime ainda continuaria existindo em virtude da idade da vítima. 

Diante destes relatos, Wilian foi preso no dia 28 de maio, pelo crime de posse irregular de arma de fogo e permaneceu preso por conta do crime de estupro de vulnerável, enquanto Ana Lúcia foi presa no dia 28 de junho em virtude de mandado de prisão solicitado pela Delegacia Especializada da Criança e do Adolescente de Tocantinópolis, tendo em vista a sua omissão diante dos abusos sofridos pela sua filha.

Diante disso, ambos permaneceram presos à disposição da justiça até o término das investigações e conseqüente ação penal.

Assista abaixo a entrevista com o delegado regional explicando sobre o caso:

Fonte: Redação do Tocnoticias Com Informações da Delegacia Regional de Tocantinópolis

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Polícia Militar de Tocantinópolis Detém Três Indivíduos Por Adulteração de Motocicleta

Foto da notícia

Data: 20/04/2019 21:03:32 - Visualizações: 2227

Notícias Relacionadas

20/04/2019
Polícia Militar de Tocantinópolis Detém Três Indivíduos Por Adulteração de Motocicleta

19/04/2019
Câmara de Tocantinópolis Aprova às Associações Budokai Dojô e Filhos da Boa Vista Como Sendo de Utilidade Pública Municipal

16/04/2019
Edital do Loteamento Esplanada em Tocantinópolis

11/04/2019
Policiais Militares São Homenageados Pela Câmara Municipal de Ananás, em Tocantinópolis

05/04/2019
Com Imperatriz Inundada, Novo Áudio Sobre a Barragem de Estreito Amedronta População Ribeirinha

02/04/2019
Menino de 6 Anos Faz Oração Para Carlesse: "Que ele Deixe a Polícia Civil Trabalhar em Paz Senhor"

Todas as Notícias