Tocantins se Junta a Outros Estados em Busca da Certificação de Zona Livre do Mormo

Data do post: 03/07/2018 14:02:47 - Visualizações: (147)    Imprimir

Com o objetivo de pleitear o status de zona livre da doença do Mormo, o Tocantins se juntou na semana passada aos demais estados da região Norte e Nordeste para alinhar as ações de prevenções, controle e erradicação da zoonose, conforme prevê a Instrução Normativa (IN) nº 06/2018, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Adapec TocantinsO estado precisa estar há 3 anos sem a presença de casos confirmados da doença para buscar o pleito.

O encontro com representantes dos programas estaduais de sanidade equídeas e das superintendências federais destes estados aconteceu em Recife – PE, promovido pelo Mapa. Na reunião técnica ficaram definidas algumas diretrizes que os estados precisam cumprir para alinhar as politicas de sanidade equídea, e assim, buscar o pleito de zona livre do Mormo junto a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

“Estamos empenhados em dar continuidade ao trabalho de erradicação do Mormo no Tocantins e buscarmos neste encontro com os demais estados da federação, o status de zona livre da doença,” disse o presidente da Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins, Alberto Mendes da Rocha.     

O responsável técnico pelo Programa Estadual de Sanidade dos Equídeos da Adapec, Raydleno Mateus Tavares, disse que entre as diretrizes que o Tocantins começará a trabalhar estão: a atualização do cadastro de todos os equídeos no estado; estudo de caracterização epidemiológica do Mormo e realização de um inquérito soroepidemiológico. “Além disso, a Adapec continua realizando rotineiramente as vigilâncias ativas, fiscalizações de trânsito e investigações de casos suspeitos”, destacou Raydleno.

No Tocantins todos os focos de Mormo existentes nas propriedades foram eliminados pela Adapec, sendo que o último registro de caso positivo ocorreu em 22 de novembro de 2017. Caso não ocorra nenhum registro da doença até novembro de 2020, o estado estará pronto para buscar a certificação. “Por isso, a participação dos produtores rurais na movimentação do rebanho de equídeos e nos cuidados com a doença é fundamental para este pleito de zona livre da zoonose”, ressaltou Alberto.     

Dados

O Tocantins conta com um rebanho de 271,9 mil equídeos. Um dado positivo sobre a doença no Tocantins é que até junho deste ano foram realizados pelos laboratórios oficiais do Mapa apenas 30 exames de Mormo, enquanto em 2017 foram realizados 538 exames da doença.

O Brasil é o único país do mundo com rebanho significativo de equídeos onde a doença do Mormo ainda não foi erradicada. 

Fonte: ADAPEC Tocantins

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Vândalos São Presos Após Cortar Palmeiras Plantadas na Rua XV de Novembro em Tocantinópolis

Foto da notícia

Data: 15/09/2018 11:23:48 - Visualizações: 7921

Notícias Relacionadas

18/09/2018
Defensoria Garante Nomeação de Candidatos Aprovados em Concurso Público da Prefeitura de Guaraí

18/09/2018
Comarca de Palmas: Quadrilha Presa com Mais de 20 kg de Drogas é Condenada

18/09/2018
Secretário da Segurança Pública Prestigia Aula Inaugural do Sistema Prisional em Palmas

18/09/2018
Time da Aldeia Bela Vista é Campeão do Campeonato Capim Dourado em Tocantínia

17/09/2018
Alvará Judicial Eletrônico: Varas da Fazenda Passam a Emitir Documento

17/09/2018
Luana Ribeiro Participa da Aula Inaugural do Curso de Formação do Sistema Penitenciário

Todas as Notícias