Naturatins Realiza Queima Controlada com Apoio da Comunidade

Data do post: 04/07/2018 14:59:54 - Visualizações: (140)    Imprimir

A Equipe da Área de Proteção Ambiental (APA) Ilha do Bananal/Cantão, Unidade de gestão do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), em parceria com a comunidade do Assentamento Nova Canaã e Distrito do Senhor do Bonfim, finalizou no último dia 2 de julho, diversas queimas conforme o calendário de queimas prescritas, elaborado em abril.

Naturatins-TOAs atividades que iniciaram no mês de junho teve a participação de moradores da região que participaram de todo processo que constituiu de planejamento, implementação, monitoramento e avaliação.

O supervisor da APA Ilha do Bananal/Cantão, Jovane Pereira Ferreira, explicou que a queima com fogo de baixa intensidade neste período, tem como objetivo diminuir o material propício a incêndios entre os meses de agosto e setembro, quando há riscos da ocorrência de queimadas com fogo de alta intensidade.

“Desta forma causa prejuízos à biodiversidade, tanto em relação à fauna quanto à flora; a saúde dos moradores da região, que sofrem com a redução da qualidade do ar; além de perdas de animais domésticos e materiais, como cercas e outras estruturas”, destacou.

O gestor ressaltou ainda que as queimas prescritas tiveram como objetivos proteger as reservas, aceirar alguns pontos críticos através das queimas de beira de estrada e também nas divisas do Projeto de Assentamento (PA) Cannã,  e Povoado do Senhor do Bonfim, com algumas fazendas.

As ações de queimas prescritas fazem parte do Projeto Manejo Integrado do Fogo (MIF), que tem como objetivo assegurar que o uso do fogo seja realizado de forma controlada, na época certa e com a frequência e intensidade adequadas, o que consequentemente diminui os incêndios provocados acidentalmente ou criminosamente pelo fogo de alta intensidade.

Participaram das implementações das queimas prescritas, os servidores da APA Ilha do Bananal/Cantão, comunidades do PA Nova Canaã, do Distrito do Senhor do Bonfim e alguns chacareiros de propriedades que fazem divisa com o referido assentamento.

Segundo o presidente da Associação dos Pequenos Produtores do Assentamento Nova Canaã, Darci Reis, um dos participantes das queimas, a utilização do fogo pelas comunidades rurais, faz parte da cultura dos agricultores. “Vem dos pais, avós, bisavós que utilizavam o fogo para limpeza do terreno, plantio (roças de toco), renovação das pastagens, combate as pragas e na proteção de sua propriedade com aceiros. O MIF busca assegurar que o uso do fogo seja realizado pelos agricultores de forma controlada e segura”, enfatizou.

Fonte: Naturatins-TO

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Em Tocantinópolis, Construção de Casas Populares no Povoado Ribeirão Grande Estão em Fase de Conclusão

Foto da notícia

Data: 18/07/2018 01:38:52 - Visualizações: 629

Notícias Relacionadas

18/07/2018
Polícia Civil Apreende Adolescente Suspeito de Cometer Vários Atos Infracionais de Roubo em Guaraí

18/07/2018
Após Não Ingresso de Ação Principal em Processo, Justiça Federal Revoga Liminar que Bloqueou Bens de Ex-governador do Tocantins

17/07/2018
MPE Requer que Prefeitura de Lagoa da Confusão Suspenda Pagamentos Vultosos a Escritório de Contabilidade

17/07/2018
Polícia Civil Intensifica Emissão de Alvarás de Controle e Fiscalização no Norte do Estado

17/07/2018
Polícia Civil Conclui Inquérito e Indicia Homem por Tentativa de Homicídio em Araguaína

17/07/2018
VLI Inicia Convênio com Instituto Referência em Engenharia

Todas as Notícias