Ex-prefeito de Centenário é Condenado Por Emitir Cheques Sem Fundos

Data do post: 05/07/2018 18:15:28 - Visualizações: (160)    Imprimir

A Justiça condenou, nesta quinta-feira (05/07), o ex-prefeito de Centenário, Antônio dos Reis da Silva, por atos de improbidade administrativa durante gestão à frente da administração municipal.

Tribunal de Justiça-TOConforme decisão do juiz Marcelo Eliseu Rostirolla, da Comarca de Itacajá, o ex-gestor deverá pagar multa civil equivalente a 10 vezes a remuneração que recebia à época dos fatos e ficará com os bens bloqueados até restituir os prejuízos ao erário, no valor de R$ 4,1 mil.

Consta nos autos que Antônio dos Reis da Silva foi prefeito de Centenário nos mandatos de 2005/2008 e 2009/2012. Durante sua gestão, ele teria emitido vários cheques sem provisão de fundos, totalizando a importância de R$ 4.121,79. Ao assumir o cargo, o novo gestor da prefeitura descobriu que o município encontra-se inscrito no Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos (CCF), fato que levou o Município de Centenário a ajuizar ação contra Antônio.

“Analisando minuciosamente os autos, noto que o requerente apresentou fato constitutivo do direito pleiteado quando carreou aos autos cópia dos cheques devolvidos, ante a insuficiência de fundo. Verificando, assim, que efetivamente houve devolução de 6 (seis) folhas de cheque da Prefeitura Municipal de Centenário contemporaneamente à época que o demandado era gestor municipal”, pontuou o juiz, destacando ainda que o réu não apresentou nenhuma prova contrária ao fato.

O magistrado condenou Antônio dos Reis da Silva por improbidade administrativa, sendo que o réu deve restituir o dano causado ao erário público e pagar multa civil de 10 vezes a remuneração que recebia à época do ato de improbidade. O ex-gestor ainda teve suspenso os direitos políticos por quatro anos e está proibido de contratar com o Poder Público ou receber benefícios pelo prazo de três anos. O juiz decretou também a indisponibilidade de bens do requerido até a satisfação do montante devido.

Confira aqui a decisão.

Fonte: Tribunal de Justiça-TO

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Em Tocantinópolis, Construção de Casas Populares no Povoado Ribeirão Grande Estão em Fase de Conclusão

Foto da notícia

Data: 18/07/2018 01:38:52 - Visualizações: 629

Notícias Relacionadas

18/07/2018
Polícia Civil Apreende Adolescente Suspeito de Cometer Vários Atos Infracionais de Roubo em Guaraí

18/07/2018
Após Não Ingresso de Ação Principal em Processo, Justiça Federal Revoga Liminar que Bloqueou Bens de Ex-governador do Tocantins

17/07/2018
MPE Requer que Prefeitura de Lagoa da Confusão Suspenda Pagamentos Vultosos a Escritório de Contabilidade

17/07/2018
Polícia Civil Intensifica Emissão de Alvarás de Controle e Fiscalização no Norte do Estado

17/07/2018
Polícia Civil Conclui Inquérito e Indicia Homem por Tentativa de Homicídio em Araguaína

17/07/2018
VLI Inicia Convênio com Instituto Referência em Engenharia

Todas as Notícias