MPE Aciona Município de Axixá Para Implantação de Aterro Sanitário

Data do post: 13/07/2018 15:04:24 - Visualizações: (169)    Imprimir

A existência de lixão no município de Axixá do Tocantins motivou o ajuizamento de Ação Civil Pública (ACP) pelo Ministério Público Estadual (MPE) nesta quarta-feira, 11.

Ministério Público EstadualO lixão a céu aberto, operado pelo Município, está localizado à margem da rodovia TO-134 e demonstra total omissão do poder público em implantar um aterro sanitário, obrigação determinada na lei da Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei nº 12.305/2010).

Desde o ano de 2011, a Promotoria de Justiça de Axixá acompanha, por meio de inquérito civil público, a manutenção do lixão. Durante este período, o Município preocupou-se apenas em transferir o lixão de lugar, sem que houvesse nenhuma tomada de providências para a adequação aos termos legais. Um parecer do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) expedido em 2016 aponta que as irregularidades consistem em impactos ambientais robustos.

Na ação, o Promotor de Justiça Elizon de Sousa Medrado enfatizou que o lançamento de resíduos sólidos a céu aberto contamina o solo, o ar e os recursos hídricos subterrâneos e de superfície, assim como favorece a proliferação de vetores de patologias.

“Também é necessário lembrar que o descarte de resíduos sólidos passíveis de reutilização e de reciclagem, inapropriadamente, mantém em exclusão social várias pessoas que poderiam ser empregadas na coleta, triagem e em indústrias de reciclagem, as quais hoje arriscam sua vida e sua saúde se dirigindo a lixões em busca de materiais que podem ser vendidos no mercado de reciclagem”, acrescenta o Promotor de Justiça.

O Ministério Público requer que o Município de Axixá do Tocantins seja condenado a implantar meios para a destinação e disposição final de resíduos sólidos ambientalmente adequadas, conforme parecer técnico do Naturatins, sem prejuízo da implantação do Plano Municipal de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos, sob pena de multa diária e de outras medidas, aplicadas à pessoa do prefeito e do secretário municipal de Meio Ambiente.

Fonte: Ministério Público Estadual

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Diário Oficial da Terça Feira (14), Traz Aviso de Paralisação das Obras de Pavimentação da TO-126 Trecho Tocantinópolis/Ribeirão Grande

Foto da notícia

Data: 15/08/2018 22:45:42 - Visualizações: 1985

Notícias Relacionadas

16/08/2018
Ministério Público e Polícia Civil Discutem Acerca de Investigação de Crimes Cometidos Por Militares

16/08/2018
Seminário da Ouvidoria Judiciária Debate Importância do Acesso à Informação no Setor Público

16/08/2018
Coligação de Mauro Carlesse Formaliza Registro de Candidaturas Junto ao TRE

16/08/2018
Naturatins Lança Edital de Seleção de Voluntários Para o Projeto Quelônios do Tocantins

16/08/2018
Prazo: Justiça Dá Um Ano Para Assembleia Reduzir Cargos em Comissão e Adequar Quadro de Servidores

16/08/2018
Devota, Kátia Abreu Cumpre Tradição e Participa da Romaria do Senhor do Bonfim em Natividade

Todas as Notícias