Inquérito Aponta Abuso Sexual em Bebê de 51 Dias no Maranhão

Data do post: 20/07/2018 14:05:56 - Visualizações: (1131)    Imprimir

De acordo com a polícia, o crime teria sido cometido pelo pai, que é menor de idade. No dia 2 de julho os pais levaram a criança com sinais de agressão para o hospital, mas acabaram presos por suspeita no caso.

G1 MaranhãoA Polícia Civil concluiu o inquérito envolvendo uma bebê de 51 dias encontrada com sinais de agressão na cidade de Dom Pedro, a 320 km de São Luís. A mãe, Natália Carneiro de Oliveira, e o pai foram presos no dia 2 de julho por suspeita de violência contra a criança, que morreu no hospital.

De acordo com o delegado substituto da regional de Presidente Dutra, João Marcelino, a conclusão do inquérito apontou que a bebê, chamada Heloísa, tinha lesões nos órgãos sexuais. A informação corrobora com o testemunho dado por um vizinho.

“Foi constatado pelo laudo pericial que havia lesões nos órgãos sexuais da criança e múltiplas lesões. Uma testemunha também disse que viu o pai colocando um cotonete no órgão sexual da criança e essa criança chorando”, afirmou o delegado.

Natália Carneiro foi indiciada por homicídio qualificado e tortura e depois encaminhada para o Presídio Jorge Vieira, na cidade de Timon. Já o pai, que é menor de idade, foi apreendido e transferido para um Centro de Juventude em São Luís.

Antes da prisão, o delegado João Marcelino, informou que o pai levou a criança ao hospital alegando que o bebê havia sofrido uma queda.

“Eles alegaram que a criança caiu da cama uma semana antes, inchou as pernas, e que o pai não quis levar para o hospital com medo de que alguém pensasse que eles a agrediram. Durante a semana a criança chorou, mas eles não quiseram levar para o médico e apenas pesquisaram na internet como se travava. Até que um dia antes do óbito eles sentiram o coração bater fraco e resolveram levar para o hospital.” afirmou o delegado no dia 03 de julho.

Entenda o caso

Na noite do dia 2 de julho uma bebê de 51 dias foi encontrada com sinais de agressão na cidade de Dom Pedro, no Maranhão. Natália Carneiro de Oliveira, de 18 anos, e o pai foram presos por suspeita de homicídio. Os dois são casados e foram conduzidos à Delegacia Regional de Presidente Dutra por conta de risco de linchamento.

Fonte: G1 Maranhão

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Cartório Eleitoral da 9ª Zona Divulga Edital de Nomeação de Mesários da Próxima Eleição

Foto da notícia

Data: 14/08/2018 12:33:59 - Visualizações: 489

Notícias Relacionadas

04/08/2018
Policiais do Senarc e DHPP Prendem Traficante e Apreendem Cocaína em Imperatriz- MA

02/08/2018
Padrasto Mata Enteado de Apenas 8 Meses a Golpe de Facão em Governador Edison Lobão, MA

02/08/2018
Jovem é Encontrado Morto com Pés e Mãos Amarrados

29/07/2018
Motociclista de 22 Anos Não Habilitado Morre em Acidente na BR 010

20/05/2018
Indivíduo com Três Mandados de Prisão em Aberto é Preso Pela PRF Após se Envolver em Acidente de Trânsito na BR 010

20/05/2018
Homem é Preso Pela PRF Com Mandado de Prisão em Aberto

Todas as Notícias