Revogada Liminar que Suspendeu Provimento da Corregedoria Geral da Justiça

Data do post: 01/08/2018 18:45:11 - Visualizações: (235)    Imprimir

O conselheiro Luciano Frota, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), decidiu, nesta quarta-feira (01/08), por revogar a liminar que suspendeu a eficácia do Provimento nº 9 – CGJUS/ASPCJUS – da Corregedoria Geral de Justiça do Tocantins.

Tribunal de Justiça-TOO ato autoriza magistrados de 1º grau a reconhecerem os Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) lavrados pela Polícia Militar do Tocantins.

A decisão acolhe o pedido de reconsideração formulado pela Federação Nacional de Entidades de Oficiais Militares Estaduais (Feneme) em face à liminar concedida no dia 11 de julho pelo membro do CNJ no Procedimento de Controle Administrativo formulado pelo Sindicato dos Delegados de Polícia do Tocantins (Sindepol/TO).

Na decisão, Frota esclarece que deferiu a medida liminar, em primeira análise, por verificar que o ato contrariava jurisprudência da Suprema Corte. Contudo, após observar que a possibilidade constitucional da lavratura de TCO por policiais militares ser ainda um tema em debate, ele avaliou que "a questão ainda é, no mínimo, controvertida na Corte Suprema, o que fragiliza um dos fundamentos da liminar que foi a sedimentação do entendimento constitucional sobre a matéria".

O conselheiro ainda levou em consideração as informações prestadas pela CGJUS  em relação as dimensões do estado do Tocantins e a carência de estrutura de segurança pública na região ao concluir que "o deferimento da medida liminar gera a possibilidade de produzir um efeito inverso em relação aos fins previstos no inciso XI do art. 25 do RI/CNJ, podendo trazer um dano social maior do que a própria preservação do ato atacado, situação que recomenda que se aguarde a reflexão e análise mais detida do mérito da questão pelo Colegiado, já em decisão definitiva".

Confira a decisão.

Fonte: Tribunal de Justiça-TO

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Trio que Matou Comerciante é Preso Pela Polícia Civil e Adolescente Conta Detalhes de Como Assassinou José Gonçalo

Foto da notícia

Data: 12/01/2019 04:40:28 - Visualizações: 12026

Notícias Relacionadas

17/01/2019
Polícia Civil Prende Suspeitos de Integrar Quadrilha de Roubo de Gado em Porto Nacional

17/01/2019
Polícia Militar Apreende Motocicleta de Suposto Assaltante

17/01/2019
Banco é Condenado a Devolver Dinheiro à Cliente Vítima de Golpe

17/01/2019
Polícia Militar Captura Três Homens Por Roubo e Recupera Moto Roubada

17/01/2019
Kátia Abreu Garante Mais de R$ 5 Milhões Para Compra de Máquinas de Pavimentação Asfáltica nos Municípios do Tocantins

17/01/2019
Pai Presente: CGJUS Regulamenta Procedimentos Relativos à Paternidade Socioafetiva e Biológica

Todas as Notícias