MPO Interdita Rodovia TO-126 em Tocantinópolis Protestando Pela Continuação da Pavimentação

Data do post: 05/09/2018 14:17:49 - Visualizações: (3447)    Imprimir

Obras de pavimentação foram paralisadas a mais de duas semanas com a empresa alegando que está sem receber do Estado, e o Governo do Tocantins afirmando que está com todas as medições pagas.

Imagem do Site www.tocnoticias.com.brPela quinta vez os manifestantes do chamado Movimento Popular Organizado "MPO", interditam esse trecho da Rodovia TO-126 em protesto. Dessa vez os manifestantes pedem a continuação da pavimentação que começou a cerca de dois meses mais que a mais de duas semanas foi paralisada.

Funcionários da empresa terceirizada que está pavimentando o trecho de 7.80km da rodovia  contam que estão sem receber, porém, o Governo do Estado liberou comprovante de que todas as ultimas medições feitas foram pagas para a empresa MVL que sub-locou o serviço para uma empresa Imagem do Site www.tocnoticias.com.brterceirizada. O que se pressupõe é que a MVL esteja recebendo os valores repassados pelo Governo do Tocantins e não esteja cumprindo com o combinado ao não pagar  pelos serviços prestados pela terceirizada. Vale lembrar que o dono da Construtora MVL, Marcos Vinicius Lima Ribeiro é investigado pela polícia federal em operação contra fraudes em licitações desse tipo.

Os manifestantes iniciaram  o bloqueio da rodovia por volta das 05 horas da manhã desta Quarta feira (05), e dizem que não tem uma previsão para liberar a estrada, haja visto que eles não receberam nenhuma informação concreta se a obra vai ser continuada ou se vai parar novamente como aconteceu das outras vezes.

Atualmente a rodovia está com dois quilômetros de asfalto semi pronto até na entrada do Povoado Folha, e conta hoje com mais dois quilômetros e cem metros de primagem, que é a aplicação do primeiro produto antes de ser aplicado o serviço de britagem.

Foto: divulgaçãoAntes da paralisação total dos serviços a empresa estava mantendo uma equipe de trabalhadores construindo o meio fio na parte que está britado, mais esse trabalho também foi paralisado.

Algumas máquinas da empresa estão estacionadas a vários dias na margem da rodovia no povoado Teodózio, onde apenas um vigia que também está com o salário atrasado, cuida do maquinário.

Entramos em contato com o deputado estadual José Bonifácio que está em Palmas tentando resolver o problema, e o mesmo nos enviou um documento que prova que o Governo vem cumprindo com a parte dele, que é  pagar pelos serviços prestados. (Veja na imagem ao lado)
Bonifácio disse que já informou o Governador Mauro Carlesse sobre a situação, e este irá fazer uma reunião emergencial para tratar do assunto. "Não admitiremos desvio do dinheiro dessa obra e Imagem do Site www.tocnoticias.com.brnem mais nenhuma interrupção nos serviços. Os trabalhadores estão comendo os punhos da rede em casa sem receber mesmo o Governo tendo pago a empresa, que ao que tudo indica está com a corda no pescoço. Se essa empresa não voltar ao trabalho de pavimentação a população com certeza irá tomar atitudes drásticas e as primeiras vítimas serão aquelas máquinas que estão paradas na beira da estrada". Disse o deputado.

Os manifestantes afirmam que não tem dia nem hora para liberar a estrada, e que só sairão depois que receberem uma definição positiva sobre a continuação da obra.

Imagem do Site www.tocnoticias.com.br"Aqui o nosso objetivo, é somente por este pedaço de estrada aqui da TO-126 que nós sofremos a muito tempo, apenas promessa do povo, só promessa, e prometem e não fazem nada, então nós não estamos querendo promessas mais, nem palavras, nós quer a estrada porque estão usando ela como uma estratégia de propaganda política, todo ano os políticos prometem de fazer essa estrada, trazem as máquinas e aí ficam enrolando até o dia da eleição, depois que passa a eleição eles carregam as máquinas e ficamos no mesmo sofrimento. Então nós fizemos esse protesto aqui para aguardar uma solução, vamos dá uns dois dias de prazo pra dar iniciamento na estrada, e se não tomarem as providências nós vamos abrir uma vala no meio da estrada e acaba que não passará ninguém mais, até eles tomarem a atitude de fazer". Disse o comerciante Edimar Rodrigues, conhecido por Piranha, morador do Povoado Ribeirão Grande Pedro Bento. 

Edésio Barroso, um dos principais lideres do movimento também falou um pouco sobre a atitude que eles tiveram de tomar para que terminem a pavimentação da estrada. Segundo Barroso, que lembrou que eles estão reivindicando com bloqueio pela quinta vez, e isso já está se tornando cansativo pra eles. "Estamos com cinco anos nesse trabalho, não queremos ser radicais com ninguém, nós não queremos problemas, queremos é que solucionem esse problema, nós queremos a conclusão do asfalto da TO-126 nesse trecho de Tocantinópolis até o Ribeirão Grande e futuramente quem sabe, até Maurilândia". Explicou o manifestante.

Imagem do Site www.tocnoticias.com.brEdésio firmou que estão bloqueando a estrada novamente porque eles já chegaram no limite e já estão no vermelho por que as crianças dos dois povoados estão adoecendo a cada dia que passa por causa da poeira, porque segundo ele,a empresa deixou os desvios que fazem mais poeira ainda e que nem os caminhões pipas que molhavam o trecho para amenizar deixaram de dar assistência para a população dos dois povoados.

"A estrada está péssima, então esse caso tem que ser resolvido, a gente tem que ter uma solução porque vai chegar o inverno, as vans que fazem linhas estão sentindo, algumas tem que deixar a estrada para passar por dentro de quintas, é o que a gente sempre vivencia, então vamos resolver esse caso, nós temos que resolver esse caso, nosso imposto pago tem que ter retorno, a gente paga um imposto muito caro nesse Estado para estar nessa situação". Reforçou Barroso.

Uma viatura da polícia militar esteve no local do  bloqueio onde os manifestantes informaram que os agentes da lei apenas solicitarem que não fosse radicalizado, que deixassem os veículos com pessoas enfermas passarem para não prejudicá-las.

Fonte: Redação do Tocnoticias

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Dois dos Três Jovens Acusados de Cortar Palmeiras em Rua de Tocantinópolis São Inocentados da Acusação

Foto da notícia

Data: 21/09/2018 00:46:29 - Visualizações: 4028

Notícias Relacionadas

23/09/2018
Segunda Turma de Indígenas é Formada Pelo PROERD em Tocantinópolis

21/09/2018
Em Tocantinópolis, Comando da 5ª CIPM Homenageia Policiais Militares ao Ingressarem na Reserva Remunerada

21/09/2018
Dois dos Três Jovens Acusados de Cortar Palmeiras em Rua de Tocantinópolis São Inocentados da Acusação

20/09/2018
Presidente da União de Vereadores do Estado do Tocantins (UVET) Declara Apoio a Eduardo Gomes

19/09/2018
PM de Tocantinópolis Prende Foragido da Justiça Enquanto Estava na Porta de Casa

15/09/2018
Vândalos São Presos Após Cortar Palmeiras Plantadas na Rua XV de Novembro em Tocantinópolis

Todas as Notícias