Polícia Civil Prende Grupo Criminoso que Praticava Assaltos no Extremo-Norte do Estado e Sul do Maranhão

Data do post: 02/10/2018 13:04:35 - Visualizações: (566)    Imprimir

A Polícia Civil do Tocantins, por meio da Delegacia Especializada em Investigações Criminais –DEIC deflagrou nas primeiras horas desta segunda-feira,01, a Operação Inverso,  que objetivou  o cumprimento de sete mandados de prisão e um  de busca e apreensão.

Secretaria de Segurança Pública-TOA operação contou com o apoio do Grupo de Operações Táticas Especiais – GOTE e da unidade do Centro Integrado de Operações Especiais – CIOPAER.

De acordo com delegado Tyago Bustorf, durante a operação foram presos cinco suspeitos, sendo três deles no município de Imperatriz – MA, um na cidade de Sítio Novo e outro em Augustinópolis, que já se encontrava recolhido na cadeia pública local. Outros dois se encontram foragidos e seus nomes serão preservados para não atrapalhar os trâmites policiais.

Investigações

As diligências se intensificaram e foi possível identificar três roubos ocorridos na cidade de Sítio Novo, entre os anos de 2016 e 2017, e um na cidade de São Miguel do Tocantins, além de Secretaria de Segurança Pública-TOroubos em cidades do Sul do Maranhão. A investigação revelou também a prática de tráfico de drogas interestadual, onde um dos criminosos adquiria entorpecentes no estado do Goiás e remetia para  Bico do Papagaio, onde a droga era comercializada.

Na ação desta segunda-feira, foram cumpridos mandados de prisão, expedidos pela Comarca de Axixá, a 613 quilômetros de Palmas contra Francisco de Assis Novaes contra Francisco de Assis Novaes da Silva, Michael da Silva Carvalho e Deivison Sousa Santos, presos em Imperatriz-MA e Matheus Alexandre de Oliveira Almeida, preso em Sítio Novo – TO contra quem também foi lavrado auto de prisão em flagrante por posse ilegal de arma de fogo, haja vista ter sido localizado em sua residência, quando do cumprimento da busca e apreensão, um revólver calibre 38, Secretaria de Segurança Pública-TOalém de treze munições de igual calibre e cinco munições de calibre 28. Por fim, fora cumprido mandado de prisão preventiva contra Micael Souza Rodrigues, que já estava recolhido na cadeia pública de Augustinópolis.

Ainda de acordo com o delegado, as investigações se iniciaram em dezembro passado, quando, após identificar a similitude do modus operandi, trabalhou-se com a hipótese de se tratar do mesmo grupo criminoso especializado em roubos a residências. “Nas investidas criminosas, os autores sempre atuavam mediante emprego de arma de fogo e com restrição de liberdade das vítimas, que eram amarradas e trancadas em um dos cômodos das casas. Verificou-se ainda que havia prévio levantamento da quadrilha quanto à existência de valores no interior das residências”, afirmou.

Fonte: Secretaria de Segurança Pública-TO

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Em Luzinópolis, Vereadores Anulam Eleição Recente Para Eleger Outro Presidente

Foto da notícia

Data: 14/12/2018 04:23:03 - Visualizações: 1182

Notícias Relacionadas

14/12/2018
Luana Solicita ao Governo Convocação dos Candidatos Aprovados no Concurso da Defesa Social

14/12/2018
CGJUS Apresenta Resultados do Projeto de Mapeamento Psicossocial

14/12/2018
Polícia Civil Prende Mãe e Filho Suspeitos de Praticar Crimes Diversos

14/12/2018
Comarca de Cristalândia Finaliza Temporada de Júri 2018

14/12/2018
Olyntho Neto Participa de Solenidade de Instalação de Base da Força Aérea no Tocantins

14/12/2018
Atuação da DPE-TO em Guaraí Garante Internação Compulsória Para Dependente Químico

Todas as Notícias