Mulher Suspeita de Homicídio é Presa Pela Polícia Civil

Data do post: 03/10/2018 13:44:44 - Visualizações: (958)    Imprimir

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP - Palmas), efetuou na tarde desta terça-feira (2), a prisão de Wesla Nunes das Neves, vulgo “Indinha”, de 29 anos de idade.

Secretaria de Segurança Pública-TOEla é suspeita da prática do crime de homicídio e foi capturada, por policiais civis da DHPP, com apoio de agentes da 3ª Delegacia de Polícia de Palmas, mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva.

Conforme o delegado titular da DHPP, Guido Camilo Ribeiro, as investigações apontaram que, no último dia 12 de agosto, Wesla assassinou com um golpe de faca, a vítima Sidney Rodrigues, de 39 anos de idade. O crime ocorreu na Quadra 407 Norte, às margens do Rodoanel, local habitado por vários moradores em situação de rua.

Indinha, que tem passagem pela polícia por furto e lesão corporal, alegou em seu depoimento que matou Sidney porque havia sido assediada por ele. Após ser atingida pela facada, a vítima ainda chegou a ser socorrida para o hospital, mas devido à gravidade dos ferimentos, não resistiu e veio á óbito minutos depois.

Logo após o crime, os policiais civis passaram a investigar e descobriram que Wesla era a autora do homicídio. Desta maneira, o delegado Guido Camilo representou, junto ao Poder Judiciário, pela prisão da mulher, a qual foi deferida. No entanto, desde a época dos fatos, a suspeita permanecia foragida, mas graças a um intenso trabalho investigativo dos agentes da DHPP, com apoio de Policiais civis da 3ª DP, o paradeiro da mulher foi descoberto e, desse modo, a mesma foi presa.

Após ser capturada, Indinha foi conduzida à sede da DHPP e, após a realização das providências legais cabíveis, foi recolhida à carceragem da unidade prisional feminina da Capital, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Para o Delegado Guido Camilo, "além do fato de desvendar o homicídio de Sidney e prender a autora do crime, um dos fatores mais importantes da ação foi a integração e a troca de informações entre as equipes de ambas as delegacias, assim como a celeridade do Poder Judiciário e o grande respaldo que a Polícia Civil tem encontrado no Ministério Público Estadual, de fundamental importância para que a Polícia Civil seja ainda mais eficaz em suas ações", ressaltou, ainda, o delegado.

Fonte: Secretaria de Segurança Pública-TO

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Nêgo D´água Afundando: Prefeito de Angico (TO) Pode Perder o Cargo Por Improbidade Administrativa

Foto da notícia

Data: 14/10/2018 01:54:29 - Visualizações: 2660

Notícias Relacionadas

16/10/2018
Polícia Militar Prende Casal Por Posse Ilegal de Arma de Fogo

16/10/2018
Autor de Furto Qualificado é Indiciado Pela Polícia Civil

16/10/2018
Polícia Militar Prende Homem Por Roubo

16/10/2018
Corpo de Bombeiros Alerta Para Incidência de Tempestade com Raios em Todo o Tocantins

16/10/2018
Reunião do Fumpol é Realizada Pela Secretaria da Segurança Pública em Palmas

16/10/2018
Homem é Condenado a 16 Anos Por Homicídio Qualificado

Todas as Notícias