TOCANTINÓPOLIS:
Facebook Youtube Twitter
Siga-nos:

Policial Militar Suspeito de Aterrorizar Família é Preso no Maranhão

Data do post: 27/01/2019 18:01:48 - Visualizações: (922)

PM Túlio de Pádua Santos Ribeiro foi preso na noite da ultima sexta-feira (25) em Bacabal; Ele foi autuado por prática de roubo, ameaça, extorsão e ameaça de estupro.

Foto: Reprodução/TV Mirante Segundo informações da polícia, durante um patrulhamento de rotina uma equipe policial foi abordada por uma pessoa que alegou ter tido a sua residência invadida por três criminosos armados, usando máscaras e que estavam assustando os membros de sua família.

De acordo com os policiais, as vítimas contaram a polícia que sofreram tortura, agressões, ameaça de estupro e morte por aproximadamente duas horas, e que os criminosos procuravam o tempo todo por dinheiro. A PM fez buscas e abordagens nos arredores da casa e conseguiu prender um dos suspeitos.

Ao ser encaminhado para a delegacia foi constatado que o suspeito era um soldado da PM identificado como Túlio de Pádua que, inclusive, estava com a arma da corporação e várias cédulas no valor de R$ 100.

O soldado é lotado no 23º Batalhão da PM em São Mateus, a 180 km da capital. Ele foi encaminhado para o quartel do 15º Batalhão da PM em Bacabal, de onde foi transferido para São Luís. As polícias Civil e Militar estão à procura dos outros integrantes do grupo. A suspeita é de que eles também sejam policiais militares.

O soldado Túlio de Pádua Santos Ribeiro foi autuado por prática de roubo, ameaça, extorsão e ameaça de estupro. Segundo a PM além do processo criminal, que ele vai responder, está sendo aberto ainda um processo administrativo para apurar as circunstâncias do caso.

Fonte: G1/MA

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.