Polícia Civil Desvenda Morte de Pais e Filho em Zona Rural de Paraíso

Data do post: 20/03/2019 16:58:32 - Visualizações: (278)    Imprimir

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Investigações Criminais – DEIC, Núcleo de Paraíso do Tocantins, apresentou na manhã desta quarta-feira, 20, em coletiva de imprensa, a conclusão do inquérito referente à hipótese inicial de homicídio de três pessoas de uma mesma família, na zona rural do município de Paraíso, a 60 quilômetros de Palmas. 

Secretaria de Segurança Pública-TODentre os mortos, pai e filho foram encontrados carbonizados em um dos cômodos da residência. Já a mãe foi encontrada degolada no quintal da propriedade. Na ocasião, o carro da família foi encontrado incendiado numa estrada próxima ao local do crime.

De acordo com a Polícia Civil, o corpo da mulher, Ivani Ribeiro dos Santos, foi encontrado no quintal com um corte profundo na garganta, provocado por facão. Já os corpos carbonizados do filho Márcio Gonçalves de Souza, de 36 anos, e do marido, Acácio Gonçalves de Souza, estavam dentro de um quarto, que pegou fogo. Os homicídios seguidos de suicídio aconteceram na madrugada do dia 22 de setembro e os corpos foram encontrados na tarde do dia seguinte.

Para o delegado Eduardo de Meneses, o autor dos crimes teria sido o filho, Márcio Gonçalves de Souza. Segundo informações, ele possuía desavenças constantes com o pai e teria sugerido na véspera do crime que os familiares teriam uma “surpresa em breve”. Para o delegado, após as análises de peritos oficiais da Genética Forense, órgão ligado aoInstituto de Criminalística da Secretaria da Segurança Pública, e depoimentos colhidos de testemunhas, foi descartada a participação de uma terceira pessoa.

Outra hipótese, a de crime com motivação por um possível conflito agrário também foi rechaçada. “De plano o latrocínio foi descartado. O desentendimento envolvendo terra também foi descartado e com a tomada dos depoimentos de familiares e pessoas próximas, detectamos um clima de tensão e animosidade entre pai e filho, somado a um possível distúrbio mental do autor, que já teria informado que um dia iria colocar fogo na residência, que foi acompanhada por outros familiares”, afirmou.

O delegado informou ainda que, durante os depoimentos das testemunhas, foi identificado que Márcio possuía um possível comportamento agressivo com os pais. Desempregado, passava a maior parte do dia ouvindo música com fones de ouvido, assistindo à televisão e não contribuindo com o orçamento familiar.

Crime Premeditado

Durante entrevista coletiva realizada na manhã desta quarta-feira, 20, o delegado Eduardo de Meneses deu detalhes sobre o duplo homicídio seguido de suicídio. Para o delegado, horas antes do crime o autor teria informado aos familiares dos seus planos. “No dia do crime, ele recebe a visita de familiares e chama a atenção um determinado comportamento que ele tomou ao dizer: “logo vocês vão ter uma surpresa!”. A fala do autor, assim como o encontro de uma corda enrolada no pescoço de um dos cadáveres, posteriormente identificado como o filho do casal, confirmou a hipótese de um duplo homicídio seguido de suicídio”, afirmou.

Secretaria de Segurança Pública-TOAinda de acordo com o delegado, o automóvel da família, encontrado queimado em uma estrada próxima à residência familiar, indica que, após cometer os homicídios, o autor teria pegado o carro, mas, por não saber dirigir, teria realizado uma manobra irregular e saído da pista. “Isso também era motivo de desentendimento entre pai e filho, uma vez que o senhor Acácio possuía muito ciúme do carro. Ao não conseguir realizar a manobra, ele retornou à residência, colocou fogo no quarto onde estava o corpo do pai e se enforcou em seguida”, ressaltou.

Reconhecimento

Em decorrência do avançado estágio de carbonização dos dois corpos (pai e filho), a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), através do departamento de Genética Forense do Instituto de Criminalística, encaminhou um perito oficial ao Estado do Maranhão para realizar a identificação dos corpos por meio dos exames de DNA, uma vez que a principal hipótese da investigação, posteriormente comprovada, necessitava da identificação dos corpos, já que um deles continha restos de produto semelhante a corda, o que causou a morte do autor por asfixia mecânica, tipo enforcamento.

Segundo a Diretora do Instituto de Criminalística, Dunya Wieczorek Spricigo de Lima, o exame de identificação genética dos corpos foi realizado por perito oficial do Tocantins em laboratório maranhense conveniado e a previsão é de que no segundo semestre de 2019 já possa ser realizado integralmente em nosso estado. “Temos profissionais tecnicamente capacitados em nossos quadros para a realização dos exames de identificação por DNA e, recentemente, conseguimos a aquisição dos equipamentos necessários para a realização de todo o procedimento no Tocantins, após a conclusão de suas instalações e treinamento de pessoal, com previsão para o próximo semestre”, ressaltou. 

Antes da identificação genética, o Instituto Médico Legal do Tocantins buscou a identificação dos corpos carbonizados por meio de exames de odontologia forense, contudo, mesmo com a intensa pesquisa do Instituto e da unidade de polícia responsável pelas investigações para o levantamento de prontuários odontológicos de autor e vítima, não foi possível a conclusão dos trabalhos. “A identificação via odontologia forense é realizada através de confrontação da arcada dentária submetida a exame pericial e o prontuário mantido por clínicas odontológicas e profissionais, mas neste caso não conseguimos êxito no encontro desses documentos, o que demandou a realização dos exames de DNA, em regra, mais complexos e que demandam maior tempo para sua conclusão”, destacou a diretora do IML, Georgiana Ferreira Ramos.

O traslado dos restos mortais de pai e filho está sendo realizado pela unidade do Instituto Médico Legal (IML) de Paraíso e a previsão é de entrega aos familiares ainda nesta quarta-feira, 20. O delegado ressalta que, antes da realização da entrevista coletiva, os familiares foram devidamente notificados do resultado das investigações.

Fonte: Secretaria de Segurança Pública-TO

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Maior Evento Gastronômico Itinerante do País, Festival Food Truck na Estrada Chega em Porto Franco (MA)

Foto da notícia

Data: 17/06/2019 22:36:03 - Visualizações: 476

Notícias Relacionadas

18/06/2019
Audiência Pública Vai Debater Carga Tributária de Micro e Pequenas Empresas

18/06/2019
Governador Carlesse Libera Ponte de Porto Nacional Para Veículos Leves Após Conclusão de Melhorias na Estrutura

18/06/2019
Adapec Participa de Curso Sobre Resenha de Equídeos

18/06/2019
Polícia Militar Apreende Três Menores no Setor Nova Araguatins

18/06/2019
Recebimento Itinerante de Embalagens Vazias de Agrotóxicos Chega a Mais Quatro Municípios do Tocantins

18/06/2019
Promovida Pelo Corpo de Bombeiros Militar, Travessia Reúne Amantes da Natação no Lago

Todas as Notícias