TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Janela De Plantio De Soja Semente e Cadastro De Áreas Nas Planícies Tropicais Iniciam Dia 20 De Abril

Data do post: 17/04/2021 00:08:43  Imprimir

AdapecA partir deste ano, a Adapec abriu a possibilidade do produtor de soja salvar sementes para uso próprio nas planícies tropicais.

Começa no próximo dia 20 de abril, a janela de plantio de soja semente nas planícies tropicais tocantinense, que segue até o dia 31 de maio, na região que compreende os municípios de Lagoa da Confusão, Cristalândia, Pium, Formoso do Araguaia, Guaraí e Dueré. A partir deste ano, a Instrução Normativa (IN) nº 05/2021, abriu a possibilidade do produtor de soja salvar sementes para uso próprio nas planícies tropicais, conforme autorização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Já o prazo para a colheita foi antecipado para a data limite, em 25 de setembro.

De acordo com o responsável técnico pelo Programa Estadual de Controle da Ferrugem Asiática da Soja no Tocantins, Cleovan Barbosa, para realizar o cultivo nessa área os produtores devem solicitar antecipadamente o pedido à Adapec, por meio da apresentação do cadastro de propriedade de soja, plano de trabalho, termo de compromisso do responsável técnico e croqui das lavouras.

“É importante destacar que com a nova legislação, os produtores devem ficar atentos ao que dispõe a nova instrução normativa, não só no que tange ao cadastro antecipado, mas também as questões fitossanitárias, como janela de plantio e aplicação de fungicidas,” disse Cleovan, acrescentando que com as novas medidas adotadas na IN 05, houve ganhos fitossanitários significativos.

Para realizar o cadastro antecipado das lavouras, o produtor deve realizar o download dos documentos necessários no site da Adapec, no endereço: www.adapec.to.gov.br, preencher os quatro formulários disponíveis, e posteriormente, entregar esta documentação num escritório da Agência.

O presidente da Adapec, Paulo Lima, disse que a nova legislação trouxe inovações garantindo a preservação fitossanitária, mesmo com a inclusão da possibilidade do produtor de grãos participar da excepcionalidade ao vazio sanitário nas planícies tropicais. “Para garantir a segurança fitossanitária das lavouras quanto à ferrugem asiática da soja, a Adapec monitora permanentemente toda a área plantada nas planícies tropicais desde a semeadura até a colheita,” destacou Paulo Lima.

Dados

De acordo com os dados da Adapec, foram cultivadas na última safra nas planícies tropicais do Tocantins, 66.120 hectares, em 112 propriedades.

Ferrugem Asiática da Soja

É a principal praga que acomete a oleaginosa, causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi. Ela dissemina rapidamente entre as plantações através do vento. Os maiores prejuízos causados é a redução da produtividade, já que causa desfolha precoce nas plantas, impedindo que os grãos de soja se formem completamente.

Fonte: Adapec

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.