TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Operação Ladrus Da Polícia Civil Do Tocantins Desarticula Ponto De Venda De Drogas e Prende Dois Suspeitos Por Tráfico

Data do post: 08/05/2021 20:04:55  Imprimir

Secretaria de Segurança PúblicaAção foi realizada pela Delegacia de Repressão a Roubos e ocorreu no Setor Morada do Sol.

Nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira, 7, a Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia de Repressão a Roubos (DRR), de Araguaína deflagrou uma operação policial que resultou na prisão de dois homens, suspeitos pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e também posse ilegal de arma de fogo.

Na mesma ação, os agentes também apreenderam várias porções de maconha, cocaína, balança de precisão, um revólver calibre 38 municiado, porções de crack, grande quantia de dinheiro, em espécie e apetrechos para embalar entorpecentes. Além disso, os policiais civis também apreenderam uma motocicleta Honda, CG 150cc, que era utilizada nos roubos, bem como efetuaram a apreensão de um adolescente de 17 anos, que estava no local.

Denominada de operação “Ladrus”, e comandada pelo delegado Breno Eduardo Campos Alves, a ação policial foi desencadeada com o objetivo de desarticular um grupo criminoso que atuava cometendo roubos à mão armada contra estabelecimentos comerciais, residências e também a transeuntes, em vários pontos de Araguaína.

“Há algumas semanas, as equipes da DRR estavam investigando a ocorrência de vários crimes de roubos em Araguaína, sendo que, após os levantamentos, foi possível identificar os supostos autores dos delitos. Com o aprofundamento das investigações descobriu-se que, além dos roubos, o bando criminoso também estaria traficando drogas.”, disse o delegado.

Com base nas investigações, o delegado Breno representou junto ao Poder Judiciário, por um mandado de busca e apreensão na residência de um dos supostos autores. Deferida pela justiça, a ordem judicial foi cumprida nesta sexta, quando os policiais civis foram ao imóvel, localizado no Setor Morada do Sol e, depois de efetuar buscas no interior da casa, localizaram e apreenderam os materiais.

“Ao adentrar na residência, percebemos que o grupo criminoso utilizava o local como ponto de venda de drogas, pois além das porções de entorpecentes já fracionados e prontos para a comercialização, localizamos barras inteiriças de maconha, grandes pedras de crack, além de mais de mil reais em dinheiro proveniente do tráfico de drogas”, ressaltou a autoridade policial.

Conduzidos até a Central de Atendimento da Polícia Civil, em Araguaína, os dois homens, ambos com 21 anos de idade foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de arma de fogo. Após a realização das providências legais cabíveis, os indivíduos foram encaminhados à Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA), onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

O adolescente também foi autuado por atos infracionais análogos aos crimes de tráfico e associação para o tráfico de drogas e aguarda manifestação da Justiça. Anteriormente, a equipe da DRR, já havia recuperado uma motocicleta Honda Biz, que havia sido roubada pelo bando criminoso algumas semanas atrás.

“Os objetivos estabelecidos inicialmente foram plenamente alcançados durante a deflagração da operação, uma vez que, além das prisões, conseguimos apreender uma significativa quantidade de drogas de várias espécies que não mais chegarão às mãos de usuários, o que ajuda a evitar a ocorrência de outros crimes na cidade. Além disso, destacamos que, com as prisões efetuadas, a sociedade araguainense está mais segura, pois os indivíduos presos agiam sempre com muita violência e agressividade no cometimento dos crimes”, pontuou o delegado.

Fonte: Secretaria de Segurança Pública

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.