TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Especial Mês Da Defensoria: “a Assistência Que Recebi Me Fez Sentir Especial”, Diz Dona De Casa

Data do post: 14/05/2021 22:33:05  Imprimir

Defensoria Pública Em busca da Defensoria Pública por uma situação de violência doméstica, a assistida conta que recebeu mais que assistência jurídica integral e gratuita.

Bem-humorada e cheia de gratidão à vida. Essa é a Ivonice Pereira da Silva nos dias de hoje, após quebrar o ciclo violência doméstica que marcou os 18 anos de seu casamento. Dona de casa e mãe de seis filhos, Ivonice conta que a Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO) tem um papel importante na sua trajetória de transformação, onde recebeu mais que assistência jurídica gratuita: aprendeu e se sentiu incentivada a cuidar de si, de sua saúde e bem-estar.

“Eu achava que eu não ia conseguir, mas quando Deus me enviou anjos como a Ana Cláudia [analista jurídica da DPE-TO] e outros que foram me apoiando nesse percurso, eu me senti mais forte para enfrentar os meus medos”, disse Ivonice.

Assistida pela Instituição na 2ª Defensoria Pública da Mulher, em Palmas, cuja titular é a defensora pública Vanda Sueli Machado de Souza Nunes, a dona de casa aponta que fazer a denúncia foi a decisão mais importante de sua vida. “Quando eu decidi denunciar, encontrei pessoas que me deram a mão e me seguraram quando eu não conseguia sequer “ficar em pé”. (...) A assistência que recebi me fez perceber e sentir que eu era especial. Eu tinha perdido o amor próprio ao longo desses anos”, revela, ao relembrar os atendimentos que recebeu.

Agora, dizendo se sentir mais fortalecida e dona de si, ela encoraja outras mulheres, que passam por problema semelhantes, a fazerem o mesmo. “É preciso fé e coragem, mas vale a pena acreditar. Que mais mulheres possam sair desse casulo e criar asas para a liberdade que é o amor próprio”, declara.

Missão cumprida

Ivonice é uma de muitas mulheres que sofreram ou sofrem violências. Felizmente o ciclo de violências para ela foi interrompido. Essas mulheres que ainda são vítimas de violências podem encontrar na Defensoria Pública assistência jurídica e encaminhamentos adequados para a superação da violência.

Atuar para que todos e todas tenham seus direitos resguardados e oferecer atendimento jurídico integral e gratuito às pessoas hipossuficientes e/ou em situação de vulnerabilidade é a missão da Instituição, que a cumpre de forma a também oferecer atenção especial e para se conectar com as pessoas quem mais precisam em todas as comarcas do Estado.

Série Especial

Essa reportagem faz parte de uma série especial com o tema “Como a Defensoria mudou para melhor a minha vida ou a da minha comunidade”, produzida para a programação alusiva ao Dia Nacional da Defensoria Pública e ao Dia Nacional das Defensoras e Defensores Públicos, celebrados a cada 19 de maio. Outras reportagens da série serão publicadas no site da Defensoria Pública (defensoria.to.def.br) nos dias 21 e 28 de maio.

Fonte: Defensoria Pública

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.