Tocantinópolis - TO
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter
Linha

Adapec Orienta Pecuaristas a Vacinarem Bovídeas Contra a Brucelose

Data do post: 23/05/2022 18:47:46 Imprimir -  Compartilhar

AdapecA primeira etapa da vacinação é para bezerras, bovinas e bubalinas, entre 3 a 8 meses de idade, e vai até o dia 30 de junho.

A Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec) atua no controle da brucelose no Tocantins e está orientando pecuaristas, proprietários de bezerras bovinas e bubalinas, entre 3 a 8 meses de idade, a vacinarem estes animais contra a brucelose até o dia 30 de junho. Nessa data, a Adapec encerra a primeira etapa da campanha de vacinação contra a zoonose.

O produtor que deixar de vacinar os animais dentro do prazo pagará multa no valor de R$ 5,32 por animal não vacinado, R$ 127,69 pela não declaração e terá a sua ficha de movimentação do rebanho bloqueada para a emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA) até a regularização.

A responsável técnica pelo Programa Estadual de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose (PECEBT), Carolina Silveira Ozório, alerta que, após a vacinação das bovídeas, o produtor deve se dirigir ao escritório da Adapec onde realiza a movimentação do rebanho e declarar a vacinação, mediante apresentação da nota fiscal do produto e atestado de vacinação. O prazo para declaração é até o dia 10 de julho.

É importante destacar que a vacinação contra a brucelose é obrigatória e só deve ser feita por médico-veterinário ou auxiliar de vacinador devidamente cadastrado na Agência.

Brucelose

A brucelose é uma doença infectocontagiosa crônica provocada por bactérias do gênero Brucella que atinge bovinos, bubalinos, suínos, caprinos, ovinos, entre outros, e pode ser transmitida para humanos por meio de contato com o animal infectado ou no consumo de produtos de origem animal não inspecionado.

Fonte: Adapec

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.